Jantar no avião

12

 

Sempre tive curiosidade para saber como funcionavam estes carrinhos de avião.

Pois não é que meu assento era ao lado da “cozinha”?

Tive que me controlar para não pedir para entrar lá ver como funcionava tudo. Minha cara de pau não é tão grande assim… Ainda…

Então vamos ver o que a TAM serviu nesse vôo internacional. As fotos estão muito ruins porque estava bem escuro e eu fotografei com o Ipad. Sorry!

Geralmente esses vôos servem 3 opções na classe econômica: massa, frango e carne.

Todos os pratos vêm acompanhados de uma saladinha, pão, manteiga e temperos. E uma sobremesa também.

O jantar foi servido as 2 da manhã, pois o vôo partiu as 00:30 horas.

Opção 1 era massa. Eu dei uma espiada no prato do vizinho e realmente a minha suspeita se confirmou. Zero proteína. Era um macarrão parafuso com molho de tomate. Creio que é uma opção vegetariana.

 Opção 2 era frango. Foi o que eu escolhi. Estava muito bom, considerando ser comida de avião. Um arroz verde bem gostoso, um peito de frango grosso, porém pequeno e dois míseros pedaços de abóbora. Eu que sou louca por abóbora comeria muito mais. Dei nota 9,0

  

Opção 3 era carne. E eu fiz o marido escolher este para poder publicar. E como ele é bem legal, ele foi na minha onda. Um arroz branco acompanhado de carne ensopada com champinhon e brócolis cozidos que era o que estava bom no prato. A carne meio gordurosa e o molho condimentando não curti. Dei nota 5,0.

A salada estava ótima. Podia ter mais. Veio com um sache de molho de azeite balsâmico e oliva.

O pãozinho com manteiga eu dispensei. Assim como a sobremesa, que o marido falou que estava gostosa: uma massinha de pão de ló recheada com doce de leite e coberta com algo branco açucarado.

Concluindo:

– A comida é pouca,  no meu prato devia ter umas 100g de frango e a mesma quantidade de arroz. A abóbora foi só para ficar na vontade. Porção ideal para que está em dieta de redução de peso, desconsiderando pão, manteiga e doce. Condiz com o horário que foi servido.

– Não há exagero no uso do sal, ao menos no meu prato. Isso é um ponto positivo.

– Os pratos vêm bem quentinhos e organizados.

– Achei muito bom se compararmos com o que as  companhias oferecem nos vôos nacionais.

E aí? O que acharam?

Para tirar suas dúvidas sobre o meu processo de emagrecimento e vida saudável, clique AQUI.

Quer espiar outras refeições que fiz no avião? Clique AQUI.

Siga o Blog da Mimis no FACEBOOK e INSTAGRAM @blogdamimis e assine o meu canal de vídeos no YOUTUBE e receba todos em primeira mão.

 

 

 

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Reply To Blog da Mimis Cancelar

12 Comentários Mostrar comentários

  1. Pingback: O retorno de viagem: 24 horas de dieta de avião - Blog da Mimis - Vida saudável, bem-estar e atividade física

  2. Mimis, a American Airlines te dá a opção de carne e frango. Não sei se é porque estou meio sonâmbula na hora da viagem ou realmente a porção de comida deles é maior. O jantar é realmente uma delícia se comparado com as viagens nacionais. Quanto ao pãozinho e a manteiga eu sempre guardo pra comer no meio da madrugada, porque sou meio faminta kkk

    • aiiii Luisa! pois é… minuscula a porcao da tam… ainda nao viajei de AA internacional, mas espero que seja maior mesmo… ninguem merece rsss

      • Ainda bem que você me lembrou do fato de ser AA internacional, porque o jantar em um voo noturno NY-Miami que fiz com eles era realmente horrível. Salada murcha, um macarrão duro e a carne gordurosa.

  3. Agora vc imagina eu que trabalho em avião o dia todo rs. Eu sei bem o que é comida de avião e mesmo sendo tripulante e triatleta, passo fome, as comidas de avião, tanto de tripulantes como de passageiros contém conservantes para não estragarem durante as viagens longas.
    Legal seu site, vou passar a acompanhar. Fiquei sabendo dele por vc mesmo na Maratona Caixa. Até

  4. De fato as porções são de deixar o sujeito na vontade. Eu como sou um morto de fome em geral faço algum lanche antes porque senão já viu… 🙂

×