Uma nova Paris para uma nova Mimis

21

michelle franzoni paris blog da mimis saudável

Como já contei neste VÍDEO, eu já morei em Paris, por pouco tempo mas morei (e morro de orgulho disso). E já estive lá algumas outras vezes, pois amo essa cidade.

Mas dessa vez foi diferente…

A Michelle que voltou à Paris é outra. Saudável, ativa e com uma bela qualidade de vida. E isso refletiu nas coisas que fiz por aqui, sabiam?

A primeira grande resolução que tive quando cheguei, foi criar um desafio, que ao mesmo tempo seria um prazer para mim: andar 1 semana apenas de bike na cidade. Aluguei uma bike e consegui. Nada de onibus, taxi ou metrô. Essa aventura conto mais adiante para vocês.

Outra coisa legal que aconteceu é que eu estou muito mais “solta”, muito mais à vontade comigo mesma. Eu converso com as pessoas desconhecidas (embora já fizesse isso), peço para fazer fotos, entrevistar e coisas assim. Isso é muito legal pois faz a gente trocar experiências e crescer.

moulin rouge bike paris blog da mimis

Então este post é para eu contar a vocês a nova visão que tive dessa cidade que amo, e as minhas novas atitudes saudáveis. Vou dividí-lo em duas partes: coisas que eu fazia e que não fiz. E coisas que eu não fazia e fiz ou que fazia e continuei fazendo.

O que não podia faltar na minha alimentação parisiense e que não fez falta hoje:

– Croissant: quentinhos são divinos. Mas mais divina ainda é a manteiga que se instalaria na minha bunda após comê-los. Brincadeiras à parte, eu os acho um tanto engordurados e por isso nunca fui fã dessa especialidade francesa.

– Sorvete Amorino ou Bertillon: um clássico de Paris. Poderia até ter degustado dessa vez também, mas não passei na frente de nenhuma loja e não procurei também.

– Macarrons: são esses docinhos aí em baixo. Deliciosos, parecem um suspiro com aromas e recheios,  mas não são minha primeira opção na hora de comer um doce. Então pra que comer? Já conheço e não me faz a cabeça.

macarrons paris blog da mimis

– Magret, confit e foie du cannard: são carnes bastante gordas do pato que os franceses adoram. E eu também gosto muito, porém não comi nem cozinhei dessa vez. Nem morri por isso.

– Nutella, bolachinhas, etc. Sempre comia isso tudo em Paris. As bolachas são realmente deliciosas. Com nutella, eu vivia fazendo crepes em casa ou comendo na rua. Até leite condensado eu achei aqui para fazer brigadeiro uma vez… Passei dessa vez. 🙂

doces paris blog da mimis

– Manteiga: os franceses amam. Embora nunca tivesse feito parte do meu dia a dia,  eu comia quando vinha para cá. Confesso que ela tem um sabor especial quando passada na baguete quentinha. mas mais especial é a alegria que tenho com o meu corpo e saúde hoje.

– Terrines e patês: campangne, aux herbs,  foie, etc… Mil combinações bastante calóricas, pois geralmente se utlizam carnes gordas para o preparo. Pulei esse também.

terrines capagne blog da mimis paris

E tantas outras coisas mais que eu comia quando via pela frente…

O que eu não deixei de comer em Paris por causa da dieta:

Quando viajo, eu não deixo de provar a culinária local ou comer algo diferente por causa da dieta. O importante é saber como fazer isso. Neste VÍDEO eu já contei como mantenho o equilíbrio nas férias.

– Queijos: eu amo e os franceses também. Comi pequenas porções dos que mais gosto. No Brasil, como o magrinho cottage. Aqui fiz essa estripulia.

– Baguette tradition: a baguette é o símbolo gastronômico do país. E a tradition é feita com ingredientes especiais e à mão. Comi  todos os dias da semana. Para quem não tem isso na sua dieta diária, a extravagância, desde que contabilizada nas calorias, não vai atrapalhar em nada. Lembrem que é importante equilibrar (leia AQUI) De volta ao Brasil, meu pão integral me espera.

baguette paris blog da mimis

– Iogurtes maravilhosos não desnatados: já contei e poste vários deles para vocês. Amo iogurte e no Brasil, por falta de qualidade, acabo comendo os desnatados consistentes, aos quais adiciono frutas frescas. Mas os iogurtes que encontramos aqui são irresistíveis. E eu provei maravilhas: avelã, limão, mirtillo, cereja… sentirei saudades.

iogurte paris blog da mimis

Legumes e saladas: as refeições que fiz no apartamento sempre acompanhavam legumes ou salada de entrada. Nas outras viagens eram carboidratos a mil!

– Salmão defumado: Se você procurar, pode encontrar salmão fumé mais barato que frango aqui. E essa foi minha opção número 1 para as refeições.

salmão defumado blog da mimis paris

– Steak de viande haché: é a carne moída em forma de bife. Parecendo um hamburguer, ela vem sem químicos ou temperos. Adoro pela praticidade e por você poder escolher o tipo de carne pela quantidade de gordura que possui.

– Massas integrais: A massa branca definitivamente saiu da minha vida. Apenas consumo em restaurantes, pois não há outra opção. Aqui explorei massas coloridas elaboradas com legumes e trigo integral.

massa de espinafre com carne blog da mimis

– Chocolates com mais de 75% de teor de cacau: aboli os ao leite e meio amargos e provei deliciosos chocolates gourmets que possuem verdadeiramente cacau e não são carregados em gorduras e açúcares.

– Oleaginosas e frutas secas: fáceis de carregar, fizeram parte do meu dia a dia aqui.

– Mel: taí uma coisa que eu não gostava. Provei com um queijinho de cabra e achei fantástico.

– Vinho: a França tem os melhores vinhos do mundo e para quem aprecia, é estar no paraíso. Costumo dizer que em Paris, uma taça de vinho nacional por dia é fundamental.

Enfim, é muito bom viajar! Mas costumo dizer que voltar para casa é tão bom quanto.

Hoje retorno ao Brasil. Com novos aprendizados e mais feliz do que nunca. Amanhã volto ao meu dia a dia. Minha dieta e exercícios que tanto curto me aguardam. E incrivelmente, isso não é mais uma obrigação. Isso faz parte da minha vida diária. E eu amo.

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

21 Comentários Mostrar comentários

  1. Nossa esse post me salvou a vida!!!! ja morei na Fr também onde por sinal ganhei muitos dos meus kilos em excesso, porém este mês voltei e estou em Paris e quase maluca com as coisas que eu amo aqui!!!
    vou levar esse post para cima e para baixo a partir de hoje, quando reiniciei a minha RA!!!!

  2. Querida Mimis

    Em primeiro lugar, adoro o seu site, suas receitas e o seu alto astral e simpatia! Obrigada por tudo o que você faz. Deixei uma mensagem privada no facebook mas me redirecionou aqui…

    Sou Brasileira, casada com um Canadense e no momento moramos em Paris – compartilhamos a mesma paixão, eu amo essa cidade, mais e mais a cada dia! Eu sempre participo de Fitness/Nutrition groups no Facebook, me ajuda a ficar na linha! Eu tentei compartilhar o seu site para os membros do grupo aproveitarem as suas receitas magrinhas e deliciosas, mas a tradução foi um pouco difícil para elas entenderem. Então eu dei uma olhada no site em inglês e acho que poderia melhorar. Eu tenho vários anos de experiência como professora de inglês, tradutora e intérprete. O inglês é parte da minha vida diária há mais de 10 anos (meu marido e minha filha não falam português, o inglês acabou virando minha primeira língua).

    Eu gostaria de te propor uma revisão do seu site em inglês. Eu notei que você já tem várias páginas traduzidas, que só precisariam de revisão; e eu posso traduzir qualquer novo conteúdo pra você. Em um segundo momento, se você tiver interesse, posso também colocar legendas em inglês nos seus vídeos.

    Como somos expatriados, eu trabalho em casa fazendo legendas de vídeos, traduções, transcrições, etc e seria o maior prazer poder trabalhar com você e fazendo o seu site e as suas idéias mais acessíveis às pessoas de língua inglesa. Além de eu me sentir um pouquinho mais próxima do Brasil também! O seu trabalho e inspirador e maravilhoso, merece atenção pelo mundo todo!!

    Super obrigada pelo seu tempo e sua atenção, e parabéns pelo seu lindo trabalho que tanto inspira a mim e a tanta gente também!

    Com super carinho,
    Camila

  3. Oi mimis já acompanho seu trabalho a algum tempo e faço muitas das suas receitas…mas me Diz ai por favor onde achar massa verdadeiramente integral aqui em paris? Me mudei a pouco e não achei ainda um beijoo

  4. Meriane Hermogenes em

    Olá, Mimis
    Tenho acompanhado o Programa da Eliana e agora o seu blog também. Tenho 46 anos , 1,63 de altura e peso atualmente 64 Kg, sei que estou fora do peso, mas agora acompanhando o seu blog e vendo você tão linda me deu um animo danado e estou conseguindo comer bem certinho. O meu maior problema é justamente quando viajo, porque as tentações são muitas principalmente em hotel. Se possível me mande dicas para driblar essas tentações e também como fazer se viajo para casa de amigos que adoram beber e beliscar o tempo todo? Preciso saber como evitar sem me tornar desagradável.
    Já faço Musculação e Pilates, porém vou me dedicar mais para conseguir uma barriga igual a sua, acho que consigo heheh!!!!
    Beijos!!!

  5. Ola mimis, vc disse que ficou em um apê em Paris pagando 550 euros em um super apartamentinho no meio do buxixo. Vc poderia pelo amor de Deus me indicar ? rsrs pq estou desesperada atrás de um em Paris e estão todos muitos caro.
    Obrg =)

  6. Bonjour mimis!! parabéns pelo blog e pelas dicas adorei tudo, moro na frança a exato 10 meses! ainda estou me acostumando com as comidas daqui! prefiro mil vezes as comidas brasileiras, meu arroz com feijao, sinto falta disso! mas aqui estou conseguindo encontrar algumas coisas parecidas com o que eu consumia no brasil! como o cottage, o pao integral, o iogurte, e algumas frutas, sinto falta do papaya (a esse me mata de saudades) as vezes ate encontro um ou outro, mas nao tem o mesmo gosto ne! rsrs, quero te agradecer por dividir suas experiencias com esse lindo blog! e parabens pelo seu esforço, vc é uma guerreira e saudavel! bisous et au revoir.

  7. Olá, Mimis!! Parabéns pelo blog!! Suas dicas são maravilhosas! Eu tenho interesse em elaborar um blog, e se possível, gostaria de algumas dicas sobre custos e sobre como conciliar a vida profissional com o tempo que o blog exige. Trabalho com música e é muito difícil viver disso no Brasil.Te agradeço desde já! Você é um exemplo e motiva muita gente!

  8. Obrigada pelas dicas maravilhosas!!!
    Em outros posts, no IG, você fala que sempre aluga apartamentos nas cidades que vai…
    Será que você poderia dar as dicas e/ou contatos?
    Bjsss

  9. Nossa,adorei a dica do salmão!!!
    Estou na Alemanhã,e assim que li fui no mercado comprar!!!
    Adorei,comi com salada!
    Estou aqui a 6 meses,ainda to perdida com alimentaçao!
    Obrigada estou amando seu blog.
    Patricia.

  10. Fernanda (fersaudável) em

    Adorei as dicas, Mimis!
    Em processo de emagrecimento há pouco mais de 2 meses, estou incorporando a reeducação alimentar ao meu dia a dia, às viagens e à vida social e está cada vez mais fácil mantê-la!
    Quando leio seus textos e assisto aos seus vídeos começo a refletir sobre o futuro e vejo o quanto desejo que isto seja eterno! Nunca mais quero voltar a me sentir “empanturrada” e culpada ao comer! Desejo muito manter este controle e certamente você é uma das pessoas que torna legítimo este desejo!
    Parabéns pelo trabalho lindo! Você ainda vai crescer muito mais!
    Super beijo!

  11. BOM DIA….COMO MAIS UMA VEZ LHE AGRADEÇER PELO SEU SACRIFÍCIO DE IR EM BUSCA DE CONHECIMENTOS EM OUTROS PAÍSES…SABEMOS BEM Q MIGRAÇÕES E IMIGRAÇÕES SÃO MUITAS DAS VEZES PELA LEI DA SOBREVIVÊNCIA,E Q PARA ISTO TEMOS DE ABRIR ” MÃO DE TUDO E DE TODOS “,PARA TENTAR UMA NOVA DIRETRIZ PARA CONSIGO MESMO E SEUS FAMILIARES E AMIGOS…HOJE COLOCAMOS A CABEÇA NO TRAVESSEIRO,E VEMOS O QUANTO O MUNDO É VASTO …Q SEJA BEM SUCEDIDA EM SEUS OBJETIVOS,…BEIJOS,UM GRANDE ABRAÇO E TUDO MELHOR…

  12. Adorei a foto, tá lindona!

    É muito bom ter novos hábitos e poder viajar não abrindo mão da maioria, né? Não dá pra ser radical sempre.

    Mas, uma dúvida, sobre outra coisa… Vc disse que fala com as pessoas e tal, como vc aprendeu francês? Aliás, vc fala fluente ou sabe “um básico”? Conta aí hahaha

    Beijos

    • oi linda. eu estudei frances ha um tempo atras… falo o suficiente para me comunicar muito bem com as pessoas. compreendo perfeitamente tudo. um beijào!

  13. Mimis, suas dicas são valiosíssimas. Confesso que já fui 3 vezes a Paris e o lado saudável nunca me despertou hehe! Sempre parei e comi as mesmas coisas que você citou. E no meu caso sempre vai parar nos braços e no abdomen, sou pouco bumbum ehehhehe!!! Muito obrigada por dividir conosco sua experiência. Ainda preciso mudar muito meu pensamento. Confesso que estou apreensiva. Vou em Setembro e já estou com os planos de emagrecer uns 5kg antes da viagem para poder comer os crepes parisienses. Pensamento de gorda né? Quem sabe até lá posso me dar ao luxo de 1 ou 2 na viagem… Beijo Mimis!!!!

  14. Lúcia Helena Bandeira em

    Mimis você é uma fofa, sempre passando seus conhecimentos gastronômicos e saudáveis pra gente.

    Amoooo quando vejo na minha caixa do Email o nome ” Blog da Mimis “, estou sempre te acompanhando aqui, mas infelizmente meu trabalho e dia-a-dia conturbado não me permite fazer isto na maioria das vezes em que voce publica no Blog, mais hoje como tive um tempinho não pode deixar de passar aqui para te desejar tudo de melhor e que papai do céu te ilumine cada dia mais por você ser esta pessoa linda que você é….Beijão!!!

×