Carne de porco na dieta saudável

21

carne-porco-destaque-blog-da-mimis-michelle-franzoni

 

A carne suína ainda é vista como vilã para a dieta. Mesmo nos dias de hoje, em que temos acesso a diversas informações a apenas um clique.

Porém, as coisas mudaram bastante. Eu mesma já consumo porco há muito tempo, desde que comecei o meu processo de emagrecimento (Ver AQUI).

Hoje eu venho desmistificar essa ideia que temos a respeito dessa carne tão gostosa e que deve ser acrescentada a sua vida saudável sim!

Considerada uma das mais antigas formas de alimentação, o porco não necessariamente é uma carne gorda, vai depender muito do corte e a forma que você vai preparar.

Ah! E sabiam que a carne de porco está mais magrinha? Em 15 anos houve uma redução de aproximadamente 16% de gorduras. As gorduras saturadas foram reduzidas em quase 30%. Essa redução se deve ao modo que os suínos são alimentados hoje, com rações à base de soja e milho, muito mais saudáveis que antigamente.

A carne de porco é rica em proteínas, super essencial na reconstituição das fibras musculares e na formação de novas células, e em ácidos graxos, do tipo ômega 3, 6 e 9.

Possui vitaminas do complexo B, principalmente a vitamina B1 (tiamina), responsável pela conversão dos carboidratos em energia. O valor dessa vitamina chega a ser até 10 vezes superior ao encontrado na carne de boi.

Ela ainda tem zinco, que ajuda na defesa do organismo, selênio, um ótimo antioxidante e mais ferro, que auxilia na formação dos glóbulos vermelhos, do que a carne de frango, por exemplo.

carne-porco-mitos-blog-da-mimis-michelle-franzoni

Existe um mito muito grande de que a carne de porco transmite a cisticercose. No entanto, essa doença pode ser causada por qualquer tipo de carne, sendo ela suína ou bovina, ou até mesmo por frutas e verduras mal lavadas. Hoje, com as técnicas utilizadas nas suinoculturas, o risco de contaminação é quase zero.

De qualquer maneira, é preciso estar atento ao comprar a carne. Cheque sempre a data de validade, o aspecto e o odor. Lembrando que esses cuidados devem ser os mesmos com as outras carnes.

Gente, o porco não é mais aquele bicho que vive em chiqueiro. Os locais onde os animais são criados são extramemente limpos, pois precisam manter um padrão de qualidade junto ao consumidor final.

carne-porco-no-seu-prato-blog-da-mimis-michelle-franzoni

Atualmente existem 15 cortes aprovados pela National Hear Foundation, nos EUA. Alguns cortes sào mais magros, outros mais gordinhos.

Escolha sempre o melhor corte e dê preferência a receitas menos gordurosas. Para uma dieta equilibrada, os especialistas recomendam o consumo de até 100g de carne de porco, 4 vezes na semana.

Olha aí quanto prato lindo! Eu pesquisei as informações nutricionais de alguns cortes assados.

 carne-porco-post-blog-da-mimis-michelle-franzoni

 

Ah! A carne de porco também é ótima para quem sua a camisa na academia e quer definir os músculos. A hipertrofia muscular nada mais é do que o aumento no volume dos músculos. Para que isso aconteça, ele precisa de proteína de boa qualidade, como a encontrada na carne do porco.

E vocês? Consomem carne de porco também? Qual o corte preferido?

Vem aprender essa super receita de lombinho! Vocês vão amar!

 

 

 

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

21 Comentários Mostrar comentários

  1. Ola, amo carne de porco, aqui na minha cidade tem um açougue que vende a costela do lombo, é saborosa e com pouca gordura… ótima pro um almoço em familia

  2. ola me encantei com sua mudanca lhe acompanho direto tenho agora dois focos vc e minha tia michelle tinha 70 kilos agora tou com 64 mas quero perder mas 2 vc e 10 boa noite

  3. oi mimis meu nome e mariza tenho 25 anos e um filho de 6 anos peso 78 kg sofro com isso imensas piadas ..mas para mim e difícil emagrecer pois se como uma fruta parece que me da muita fome ..queria que vc passa -se um cardápio que vc seguiu para emagrece..obrigada

  4. Nathália @nathaliallmeida em

    Experimentei o filé um tempo desses.. Uma amiga fez um Gengis Khan (vc conhece essa comida? achei sensacional, não conhecia!) Bjs

  5. Pingback: Lombinho de porco assado   - Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

  6. Oi Mimis

    A algum tempo atras um amigo me falou sobre isso mas eu acabei não indo adiante na busca de maiores informações.
    E agora vem vc falando do que eu precisava.
    Excelente.
    Eu já como 1 sardinha por dia. Agora vou intercalar com o porquinho.
    Valeu.

  7. É por isso que amo seu blog, dieta acessível. Estou com um lombinho no freezer, vou esperar a receita. Mas eu costumo prepará-lo com limão, laranja, mel, mostarda, alecrim, pimenta e sal. Fica sequinho e macio, pois asso lentamente. Beijos querida, falta apenas 5 kg para minha meta, mas agora está ficando lento e difícil. Força e foco!

  8. Hoje já criamos suínos lites com pouca gordura a carne de porco é saudável saborosa e macia.
    Ao pratos sugeridos são muito deliciosos o consumo do brasileiro ainda é muito pouco em relação aos países europeus por exemplo, temos ainda muitos tabus contra a carne suína muitas vezes até por médicos.

  9. Olá! Adorei o post, e realmente acho que não devemos excluir definitivamente a carne de porco das nossas vidas! Contudo, tenho uma observação a fazer sobre o que foi dito com relação à transmissão da cisticercose. Esta doença é adquirida apenas quando ingerimos os ovos da solitária (o verme), que se dá, por água e alimentos, como verduras contaminados com os ovos. Quando nos alimentamos da carne de porco crua ou mal cozida ingerimos as larvas dos vermes, e não os ovos, e então a doença causada é a teníase.Neste link da Wikipedia dá pra entender bem o processo e ciclo: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ten%C3%ADase.
    Abraços a todos!

  10. Mimis, vc é maravilhosa, toda vez que entro em seu blog me da mais vontade ainda de continuar focada no meu objetivo! Comecei a mudar meus hábitos alimentares a duas semanas e ja me sinto bem melhor, acabou inchaço, estou bem mais disposta..Enfim só coisas boas a acrescentar!!! Obrigada…

  11. Olá Mimis. Exatamente, há 15 anos a carne suína ivem sendo desmistificada.
    Como Relações Públicas, trabalhei nesse processo de apresentar uma nova imagem dessa carne deliciosa, saudável, tanto quanto, as carnes brancas e magras. Hoje, é errado falar ‘carne de porco’ no sentido pejorativo, ou seja, o suíno tem uma nova forma de tratamento como bem explicou o blog. Os cortes estão mais ‘ligths’! Eu e minha familia sempre apreciamos o sabor hpa anos. E, há uns 2anos, tenho servido no Natal o corte ‘filezinho suíno’ (com o preparo igual ao lombo), ou seja, esse corte é muito mais macio, suculento, rápido para marinar e assar (1hora de forno ou menos!) e delicioso! Praticamente trocamos o lombo pelo filezinho. Além de ser ótimo para bifinhos, picado/strogonoff, risoto, etc. O filezinho suíno tem um preço muito bom! Creio que ainda não foi descoberto pelo grande público, mas que o conhecer, se apaixona, de tão prático, saudável e gostoso. #ficaadica ! Bjo

  12. Nossa q booomm!!! Eu amo carne de porco, a acho mto saborosa! Mas por causa das mudanças de hábito tinha deixado de consumí-la 🙁 Agora com o seu post vou incluí-la já na minha dieta (intercalar com o frango, pois já estou ficando saturada dele rsrs). Valeu Mimis vc é show!!!

×