Superação Leili Hordina

22

SuperAção-Leili-Hordina-blog-da-mimis-michelle-franzoni-01

Leili é uma linda mulher, de 33 anos, que sofreu a vida inteira com o efeito sanfona. Fez inúmeras dietas da moda, mas sempre engodava tudo novamente. Até que um dia ela resolveu mudar os seus hábitos e buscar uma vida mais saudável. Leili emagreceu 28kg em 10 meses, com reeducação alimentar e exercícios.

A história da Leili é muito parecida com a de várias pessoas. Após o casamento, ela começou a engordar . Deixou de lado a sua vida de solteira que vivia em baladas, pela vida pacata de jantares a dois, de fazer comidas gostosas para o marido, bem como de pedir pizza várias vezes na semana.

A vida de casada somada ao estresse e a outros problemas fez com que Leili passasse a descontar na comida. “Comia para satisfazer minhas emoções e quando dei por mim, já nem sabia mais quanto eu pesava, pois parei de subir na balança com 72 quilos”, conta.

SuperAção-Leili-Hordina-blog-da-mimis-michelle-franzoni-02

Com o excesso de peso também vieram os problemas de saúde. Leili estava com o colesterol e triglicerídeos cada vez mais alterados, lesões na coluna, falta de ar, problemas no estômago, exaustão. Ela também não tinha mais vaidade, não se olhava mais no espelho, nem mesmo para escovar os dentes. “As roupas que eu usava eram as que serviam e não as que eu gostaria de usar, nada ficava bom, eu não saia mais de casa, apenas para o trabalho, negava e inventava desculpas para os convites dos amigos”.

Antes de iniciar o processo de mudança, sua alimentação não era das melhores. Mesmo comendo pouco, Leili se alimentava muito mal, além de ter crises compulsivas: “Se algo dava errado no meu dia, eu devorava 5 trufas em questão de minutos, comia 3 pães franceses a noite, minha conta na padaria era absurdamente alta”.

Bastava Leili se aborrecer com algo para enfiar o pé na jaca e ela confessa: “Muitas vezes fazia isso escondido, principalmente do meu marido, pois como ele via que eu comia pouco em casa, eu podia continuar “enganando” ele e a mim de que eu estava engordando por problemas com o hipotireoidismo”.

Saber controlar as emoções é algo sério e importante. Em busca disso, no meu processo de emagrecimento eu iniciei a psicoterapia, que foi essencial para eu aprender a lidar com a comida e com os meus sentimentos.

Estar acima do peso não é fácil. Leili se sentia mal com a situação em que estava. “Sempre tem uma piadinha, um comentário maldoso. Na minha família apenas meu pai dizia que eu estava gorda e isso me magoava muito”. Ninguém mais falava sobre isso e o marido nunca se queixou. No entanto, mesmo assim Leili não estava feliz: “Você entra em uma loja e as vendedoras já te olham com aquela cara de “queridinha aqui não tem roupa pra você”, comenta.

Ela usava apenas legging, e blusas enormes pois não queria deixar aparente as gordurinhas, além de usar somente o que servia. Leili não tinha mais vaidade, não se arrumava, não queria sair com os amigos, nem passear. Diante de todas essas frustrações, ela descontava tudo na comida.

O primeiro passo para Leili começar a mudança foi reconhecer que estava obesa e admitir que sozinha não conseguiria. Foi aí que ela procurou uma nutricionista e decidiu mudar seus hábitos alimentares e iniciar as atividades físicas.

SuperAção-Leili-Hordina-blog-da-mimis-michelle-franzoni-03

Quando ela decidiu procurar uma profissional, sentou e conversou com o marido, pois não queria privá-lo de nada, mas precisava do apoio e da colaboração dele para que a reeducação desse certo. “Decidimos então que ele não traria nada tentador para casa, que caso ele tivesse vontades, ele comeria no trabalho ou mesmo antes de vir para casa e que ele nem comentaria comigo”.

E deu super certo. Aos poucos o marido de Leili começou a querer experimentar as novidades culinárias e, com isso, emagreceu cerca de 9kg. “Hoje ele come o mesmo que eu quando almoçamos juntos, mas ele tem os gostos dele, ele come o que ele quiser eu não me meto”.

Ele reduziu muito o consumo de refrigerantes, trocou o pão branco pelo integral, evita frituras. Leili e o marido mudaram os hábitos juntos.
O acompanhamento nutricional também é importante, principalmente para aprender como se alimentar de forma a não perder a saúde. Eu tive esse acompanhamento e foi muito bom, como eu conto AQUI.

O objetivo de Leili era emagrecer 30kg, porém, ela acreditava que sua meta era impossível. “Com as palavras de incentivo e encorajamento da minha nutricionista, com a troca que tivemos durante todo o processo, não foi assim tão difícil. Ter alguém para preparar seus planos alimentares, alguém com conhecimento, que estudou e que você confia , pra mim fez toda a diferença, eu tenho certeza que sozinha não teria conseguido”.

A cada retorno, Leili saia do consultório mais animada e determinada com a mudança. Ela não encarou o seu processo de emagrecimento como uma dieta, desde o início ela queria que se tornasse uma mudança de hábitos. “Decidi encarar como reeducação alimentar, porque pra mim dietas começam e terminam”.

Antes da reeducação alimentar, Leili comia muita massa, pão, cachorro quente, frituras. “Comia de dois a três tipos de carboidratos no almoço, nada de salada, no máximo conservas, como palmito, pepino, beterraba tudo carregado de sódio”.

SuperAção-Leili-Hordina-blog-da-mimis-michelle-franzoni-04

Hoje ela se alimenta da melhor maneira possível. Trocou o pão branco pela tapioca, crepioca e pão sem glúten, as massas comuns pelas integrais, eliminou o refrigerante e opta sempre por água, chás ou sucos naturais. “Reduzi o consumo de glúten e lactose, não sou intolerante, por isso apenas reduzi, não eliminei e me sinto muito melhor assim”. Ela também passou consumir frutas e verduras todos os dias, o que foi um grande passo: “Odiava saladas, foi a parte mais difícil pra mim, nossa! No primeiro dia preparei meu almoço, olhei para aquele monte de verde no prato, respirei fundo, e engoli, sim engoli, porque pra mim o sabor daquilo era horrível “.

Ela venceu mais esse desafio e hoje come salada todos os dias: “Eu não amo salada, não gosto mesmo, mas meu organismo pede, sinto falta quando não como. Se não como no almoço, preciso delas no jantar”. Aliás, ela conta que a maior dificuldade ao longo do processo foi começar a comer saladas. O valor de alguns produtos também influenciaram. “Eu achava tudo absurdamente caro, com o tempo e com as conversas com a minha nutricionista, fui entendendo que aquilo não era gasto e sim um investimento em saúde”.

Leili foi bem regrada e persistente com a nova alimentação. Ela tem apenas um dia de refeição extra e neste dia, geralmente num sábado, ela escolhe o que comer no almoço. “Hoje ainda sigo esta regra, pois se você começa abrir exceções todos os dias, deixa de ser exceção e vira regra, aí já viu né”.

SuperAção-Leili-Hordina-blog-da-mimis-michelle-franzoni-06

 

Para lidar com as tentações no dia a dia, Leili apenas dizia não. “Comecei a me questionar: preciso realmente comer isso? O que é mais importante pra mim no momento, emagrecer ou comer um pedaço desta torta? Se eu não comer vou morrer? E se eu comer como vou me sentir depois?”. Todos esses questionamentos faziam com que a vontade de Leili passasse, e assim ela permanecia focada nos seus objetivos.

Existem muitas formas de driblar as tentações, nesse POST dou super dicas de como manter o foco na reeducação alimentar dentro e fora de casa.

Durante o processo de emagrecimento, Leili contou principalmente com o incentivo do marido. “Ele me ajudava muito, caminhava comigo quase todos os dias, inclusive nos finais de semana, preparava meu jantar, entendia que eu não podia sair para comer pizza naquela fase, foi muito compreensivo e parceiro”. A mãe também a incentivou muito, além de alguns amigos.

Leili acredita que o maior segredo para a mudança de hábitos foi a ligação que criou com a sua nutricionista. “Eu podia contar com ela sempre, tinha respaldo, senti uma conexão muito grande com ela, podia ser eu mesma, falar o que quisesse, pedir o que quisesse, trocar ideias de receitas, ela nunca me podou, sempre me motivou, sempre me incentivou”.

Além disso, ela também acredita que o verdadeiro emagrecimento só acontece por meio da mudança de hábitos. “Dieta começa e termina, mudança de hábitos é para sempre. Fiz muitas dietas malucas e quando acabava, engordava tudo de novo. Precisei entender que eu não posso passar a vida comendo o que eu comia porque vou engordar de novo”.
Leili começou a fazer exercícios no começo do emagrecimento. Até perder os 30kg, ela apenas fazia caminhadas. “Ficava muito caro, bancar nutricionista, alimentação e academia. Levei 10 meses para emagrecer e fui me organizando financeiramente”.

SuperAção-Leili-Hordina-blog-da-mimis-michelle-franzoni-05

Hoje ela faz musculação e aeróbico com o acompanhamento de um profissional de educação física, que planeja tudo para ela. “Ele se interessou pela minha história e resolveu me ajudar, como não tenho grana para pagar um personal presencial, ele me ajuda com assessoria online, e tem dado muito certo”.

Muitas pessoas associam dieta à classe social. Leili provou que é possível emagrecer com saúde e de forma que não prejudicasse seu orçamento: “Reduzi os gastos com roupas, sapatos e bolsas, paramos de pedir lanche, pizza, cortei minha conta na padaria, deixamos de almoçar fora nos finais de semana, parei de comprar congelados, chocolates e passei apenas a comprar comida de verdade e com esses cortes pude manter as consultas e a alimentação”. Leili também acabou deixando a academia na época, e optando pelas caminhadas ao ar livre. “O que é necessário é eleger prioridades, emagrecer com saúde é para todo mundo, converse com seu nutricionista, explique sua situação financeira”.

A internet foi essencial para Leili. Ela sempre se questionava porque era importante comer tal alimento, e para sanar suas dúvidas, buscava respostas na internet. Ela conheceu o blog através de uma amiga que a apoiava muito e quis mostrar a minha história afim de ajudá-la. Depois de conhecer o blog ela percebeu que, assim como eu, ela também conseguiria alcançar os objetivos.
Hoje ela tem uma página no Facebook, que começou por incentivo de amigos. “Acho que eles não aguentavam mais ver eu postando comida na timeline do meu facebook pessoal, rsss”, brinca. Ela também tem um perfil no Instagram, onde compartilha sua história e rotina saudável.

Leili é simplesmente outra pessoa. Sua vida mudou completamente, ela se sente muito mais forte, feliz, vaidosa, segura e determinada. “Eu sei que se consegui eliminar esses 30 quilos eu consigo qualquer coisa a que me dispuser fazer”. A saúde melhorou, os índices de colesterol, triglicerídeos e glicose normalizaram sem a necessidade de utilizar medicamentos, somente com a alimentação e as atividades físicas.

SuperAção-Leili-Hordina-blog-da-mimis-michelle-franzoni-07
Peso antes: 88kg     Peso agora: 60kg     Altura: 1,60m     Tempo de emagrecimento: 10 meses.

SuperAção-Leili-Hordina-blog-da-mimis-michelle-franzoni-08

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

22 Comentários Mostrar comentários

  1. Josineide TAvares da S Magalhães em

    Achei super incentivador e esse ano tb quero dar um up na minha vida, apartir de hoje sou uma pessoa determinada e vou consegui, me aguardem contarei minha estória de superação tb, bjs.

  2. Eu amo essas dicas pois estou tomando atitudes na vida que nunca pensei que iria fazer tem sido muito difícil pois mudar a vida de uma hora para outra não é fácil obg por compartilhar essas histórias de superação onde eu me ânimo mais ainda obg mimis.

  3. Eu estou fazendo reeducacao e exercicios há um mes e meio. Perdi 3kg, mas sinto que perdi mais medidas. Porém gostaria de entender quando começo a perder mais peso. Porque parece que todos perdem rápido e eu demoro.. Mesmo ficando quase 3 semanas com o mesmo peso, algumas calças que não entravam, entram agora, e não entendo direito o porque. Aconteceu isso com alguem aqui?? Eu estou com 73kg e queria chegar nos 65,64 (meu peso antigo) para o meu casamento em dezembro.

    • Nossa! Idêntica a mim…. Aguardo a mesma resposta! Peso o mesmo que vc e quero chegar aos 65, 66… Mas perco pouco peso em relação a outras pessoas, o que desanima…

      • Michelle Franzoni em

        Oi meminas! Pode ser ganho de massa magra e perda de gordura, o que é excelente! CAda um tem seu ritmo. É preciso ver se a dieta está correta também pois isso faz diferença. Se estão perdendo medidas é esse o caminho. Beijos!

  4. Conheci o blogdamimis à uma semana, tenho certeza que também terei uma ótima história de superação em poucos meses. Estou 15 kilos acima do peso e a uma semana leio os posts antes do almoço e vou para o restaurante munida de entusiamo e boas idéias para o cardápio! #FOCO na REEDUCAÇÃO ALIMENTAR!!!

  5. Parabéns Leili, adorei sua história! Nas fotos tem um “negocinho” verde rs… parece uma massinha, vc pode nos falar o que é, e/ou passar a receita, me deu água na boca… rs… Quero emagrecer 27kg, 4 já se foram, faltam 23 rsrsrs… estou fazendo RA também, tô com dificuldades de iniciar uma atividade física, faço caminhadas mas só aos finais de semana… mas logo vou conseguir, estou focada! Beijos

  6. Leili, parabéns. Obrigada por compartilhar sua história com tanta sinceridade, abordando situações que são desafios para muitas de nós.

  7. Parabéns Leili com determinação e coragem conseguimos nossas metas você é um exemplo a ser seguido também concordo com sua frase quem quer alguma coisa faz acontecer…

  8. Parabéns pela determinação Leili!! É outra pessoa mesmo!!! A ajuda de um profissional é ESSENCIAL! Minha nutri também é 10!!! Estou no processo de emagrecimento também. Sucesso para nós!!!

  9. Parabéns, somente conseguimos essa mudança quando percebemos que a reeducação alimentar é a base para mantermos saúde e peso para o resto da vida. Também só consegui manter meu peso quando fui a uma nutricionista e ela foi a minha salvação. Aprendi a comer e comecei a minha mudança emagrecendo a minha mente, e admiro pessoas com força de vontade, pois nada é impossível na vida quando se têm força de vontade.

×