Turbine a dieta com as proteínas vegetais

16

Os alimentos de origem vegetal podem ser ótimas fontes de proteína, macronutriente essencial para nós, e, com isso, nos ajudar a emagrecer. Sabem como? Alimentos que possuem maior índice proteico em comparação aos seus outros macronutrientes, como carboidratos e lipídios, demoram mais tempo para serem digeridos, prolongando a sensação de saciedade. Nessa demora de absorção da proteína, o organismo passa a usar a gordura para produção de energia, fazendo a gente perder peso.

Além de nos ajudar no processo de emagrecimento, consumir alimentos proteicos tem papel fundamental para a saúde do nosso organismo. As proteínas possuem função construtora e reconstrutora de células e tecidos, desempenhos hormonais e de defesa. Além de poderem desempenhar papel energético quando necessário.

Por isso, necessitamos de aproximadamente 1 grama por quilograma de peso corporal, segundo recomendações da FAO, a Organização Mundial de Saúde e a ONU. Ou seja, quem pesa 50Kg deve consumir 50g. Para quem pratica atividades físicas os valores mudam um pouco. Segundo alguns estudos, atletas de resistência devem consumir cerca de 1,2 gramas por quilograma de peso corporal. E os atletas de força, de 1,6 a 1,8 gramas.

Para quem é vegetariano, algumas vezes pode parecer difícil conseguir atingir essa quantia. Porém, as pessoas desconhecem que existem muitos outros alimentos de origem vegetal que são fontes proteicas, como as leguminosas, cereais, soja e seus derivados, castanhas e sementes, vegetais e frutas.

Nas leguminosas encontramos o feijão, por exemplo, que sempre temos a mesa. Fácil de criar receitinhas variadas e de agradar a casa toda. Entre os cereais tem o arroz, que faz combinação perfeita com o feijão, como já contei pra vocês neste POST. Tem ainda a soja, que é um dos mais ricos em proteína. As sementes e castanhas, que são super práticas e perfeitas para o lanchinho, pois podem ser levadas para qualquer lugar. Além dos vegetais e de algumas frutas, que eu amo!

Espiem a quantidade de proteínas presentes em cada alimento!

Turbine-a-dieta-blog-da-mimis-michelle-franzoni-post

É bom lembrar que esses alimentos não têm só os benefícios da proteína, mas também possuem outros nutrientes, como o carboidrato e as gorduras, também indispensáveis nas quantidades certas, como já comentei com vocês neste POST.

Eu sempre incluo vegetais nas refeições, pois eu adoro! Inclusive têm várias receitinhas deliciosas no blog, deem uma olhadinha AQUI. As opções de preparo são bastante variadas.

Ah! Quem quiser receber mais dicas do blog é só cadastrar o e-mail AQUI.

E aqui vai um toque: se a falta de proteína faz mal, o excesso também faz, viu! Exceder no consumo de alimentos proteicos pode sobrecarregar o rim, entre outras complicações. Então, cuidem com as dietas radicais. Na dúvida, procurem sempre orientação nutricional, ok?

E aí, contem pra mim! Vocês costumam inserir proteínas vegetais no dia a dia? Contem as preferidas e como preparam!

 

Imagens: Shutterstock.

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

16 Comentários Mostrar comentários

  1. Entrei agora na sua pagina, minha filha que te segue que me falou fo seu blog, ela esta seguindo as suas dicas e receitas, vou fazer o mesmo preciso perder uns quilinhos..

  2. Mimis boa tarde!
    Você conhece a Dieta Dukan? uma amiga descobriu essa dieta e começou a fazer e com uma semana perdeu 3kg e esta super empolgada querendo que eu faça também. O problema é que teno medo de seguir essas dietas da moda. Por favor me dê uma luz…
    Obrigada
    Rita

  3. Adorei essas quatro opções alimentares para ajudarmos a manter a nossa dieta, e o legal de tudo é que esses alimentos, além de ajudar na dieta eles são ricos em varias vitaminas e minerais para o bom funcionamento do nosso organismo. Eu adoro os artigo do seu blog, parabéns!

  4. Gostaria de sanar uma dúvida: Essa contagem de consumo da proteína é por refeição ou é por dia?
    “Por isso, necessitamos de aproximadamente 1 grama por quilograma de peso corporal, segundo recomendações da FAO, a Organização Mundial de Saúde e a ONU. Ou seja, quem pesa 50Kg deve consumir 50g.”

  5. olá a muito tempo acompanho vc e agora resolvi de vez melhorar meus hábitos alimentares, suas receitas estão me ajudando muito, estou passando todas para um caderno, vc deveria fazer um livro , de papel, kkkajudaria muito é mais facil na hora de usar na cozinha. Beijos

  6. Da. Mimis, bom dia! Estou acompanhando seu blog com prazer e dele tirando inspiração para uma guinada na vida. Já tirei a foto do antes, a do depois não vai demorar muito não, ano que vem mando pra publicação. Gostei muito da matéria, mas notei uma ausência de produto que gosto muito, a PTB (proteína texturizada bruta, estou abrindo a sigla pros seus muitos leitores). Uso dos dois tipos, a que imita carne moída e a grandona, em cubinhos, pra fazer strogonof de vez em quando. Meio quilo da primeira, reidratado, dá mais de um quilo, aí guardo na geladeira e uso aos poucos, refogando com alho, louro, um pouquinho de sal marinho e azeite (pouco tb!), fica uma beleza! Vc usa? É produto barato e compra-se, em Sampa, a granel.

    • Desculpe! Expressei-me mal, eu vi a ptb na sua tabela, abaixo do tofu. Mas o que eu quis dizer é que ainda não vi um texto seu sugerindo o consumo, tampouco receitas. O produto é pouco conhecido da população, apesar de sermos produtor campeão mundial. Fica a sugestão pra um post futuro. Grato, sempre. Paulo

×