Superação Fabiana de Lima

27

Superação-Fabiana-Lima-blog-da-mimis-michelle-franzoni-01

E lá se foram 24Kg! Fabiana de Lima, hoje com 32 anos, quase chegou aos 90Kg em sua estatura de 1,57m de altura. Ela estava depressiva e a comida era sua válvula de escape. Mas, no seu aniversário de 30 anos resolveu que tinha que mudar. Queria viver mais e com saúde. Arranjou forças e lutou! E em apenas 8 meses perdeu 24Kg e, além de saúde, conquistou a boa forma. Hoje é mais feliz e tem muito mais disposição para curtir o filho e o marido, ambos guerreiros também, pois para ajudar Fabi encararam o desafio junto com ela.

Confiram abaixo detalhes dessa super história e dicas da Fabi para alcançar o objetivo!

Como engordou
Fabi nunca teve problemas com peso, até começar a sofrer assédio moral no trabalho. Foi quando começou a tomar antidepressivos e a descontar tudo na comida. O resultado? Aos 29 anos estava com vários problemas de saúde, como: hipertensão, colesterol elevado, diabetes, pedras nos rins e 86Kg em seus 1,57m de altura. Sentia dificuldades até para subir escadas. Mesmo assim, sem motivação, Fabi continuou levando a vida que levava.

O porquê da mudança
Na véspera dos seus 30 anos, Fabi foi atrás de uma roupa para festejar seu aniversário, mas não encontrou nada para o seu tamanho, que já havia passado do 48. Já em casa e super abalada com a situação, Fabi tirou a roupa e se olhou no espelho. “Não me reconheci, não era eu, aquela pessoa não tinha mais saúde e nem beleza”, conta. E foi naquele momento que decidiu que precisava mudar. Ela explica que o problema estético foi apenas o estopim para a sua mudança, mas que tinha consciência de que precisava mudar por conta da sua saúde. “Eu queria viver”, revela.

Superação-Fabiana-Lima-blog-da-mimis-michelle-franzoni-02

Primeiras medidas
Um médico, era disso que Fabi precisava. Procurou uma endocrinologista e passou a seguir de forma séria seus conselhos de dieta. Mas ela preferiu não colocar a palavra “dieta” na cabeça, mas sim a frase “comer melhor”.

Cortou as frituras, gorduras, refrigerantes e passou a consumir menos farinha branca, industrializados e processados. Passou a beber 2 litros de água por dia. Colocava até o relógio para despertar para não esquecer de se hidratar.

Passou a comer de 3 em 3 horas e em pequenas quantidades. E passou a comer lanches mais leves a noite, como sanduíches ou saladas. “Tive que aprender a comer”, revela.

Comendo melhor
Fabi queria saúde e uma “dieta” que fosse duradoura, então teve que passar por uma reeducação alimentar, exatamente como eu. Vejam como foi o meu processo AQUI.

Antes, ela comia dois pães com café, depois almoçava hambúrguer, batata frita, nuggets com refrigerante. Não tomava café da tarde e quando comia era bolo com coberturas, sorvetes e no jantar comia arroz, feijão, bife sempre à milanesa ou linguiça frita e mais refrigerante.

Vejam como é o seu cardápio hoje:
No café da manhã, trocou o pão francês por integral (e passou a comer apenas uma unidade), trocou os queijos amarelos pelos queijos magrinhos, e passou a apostar em cereais, frutas e granola. Ultimamente vem apostando também nos shakes, pela manhã, ainda em jejum.

Começou a fazer lanches intermediários, e gosta bastante da praticidade da barrinha de cereais. Vejam AQUI como é fácil fazer em casa.

No almoço passou a apostar em verduras, frango grelhado e legumes, que é um verdadeiro detox!

Para a sobremesa, uma vez ou outra, aposta no doce surpresa de banana que viu aqui no blog.

No café da tarde da passou a comer pão integral e ricota e café com leite desnatado.

No jantar trocou as comidas pesadas por sanduiche de pão integral ou uma omelete com salada.

Fabi conheceu o blog no início de sua mudança e aproveita até hoje as receitas para variar o cardápio diário. A sua preferida é o purê termogênico, que acelera o processo de emagrecimento. Além disso, aprendeu muita coisa legal por aqui, como ler os rótulos dos alimentos, como explico AQUI.

Superação-Fabiana-Lima-blog-da-mimis-michelle-franzoni-04

A família e o dia a dia
Sobre o planejamento diário, Fabi faz a coisa ficar mais simples preparando todas as marmitas da semana no final de semana. “Facilitou um monte a minha vida”, revela. Tem várias dicas de marmitas, vejam neste POST, uma delas é salada em pote, deem uma olhada AQUI como montá-la e deixem a semana mais leve também.

Segundo Fabi, a família encarou essa mudança alimentar numa boa. O marido Gilberto já tinha hábitos saudáveis, inclusive sempre frequentou a academia, então facilitou bastante. O filho, de 9 anos, passou a comer o que a mãe fazia e tudo aconteceu de forma bem natural.

Fabi conta que a reeducação alimentar se expandiu por toda a família toda, sendo que a mãe, a irmã e a sobrinha também entraram na onda saudável.

Tentações? Que nada!
Fabi conta que não sofre mais com as temidas tentações. Ela diz que hoje já não consegue comer qualquer coisa e que ao tomar consciência do que faz bem e o que faz mal, passou a não desejar mais certos alimentos.

Como consequência, ela acaba não ficando restrita a uma “dieta” e pode comer alguns extras quando estiver com amigos ou num evento especial, já que para ela já não é mais um vício.

Para quem está no começo ou quem realmente acredita ter compulsão por doces, sugiro que leiam esse POST, nele dou dicas de como driblá-la e, quem sabe, alcançar para o estágio de superação da Fabi, de não sentir mais vontade deles.

Escolhendo a atividade física
Após 3 meses de iniciar a reeducação alimentar, Fabi deu um start nas atividades físicas. Ela revela que demorou porque tinha vergonha de ir para a academia, por conta do corpo. Então só se matriculou após perder 15Kg e ainda após muito incentivo do maridão. Mas não sugiro que façam o mesmo. Caso não se sintam bem em uma academia, procurem outra. Sempre haverá espaço para todos nós, além de pessoas bacanas também.

Outra dica legal é que existem exercícios que podem ser feitos em casa, deem uma olhada AQUI. E sempre é bom começar com o que se gosta. Tentem se identificar com alguma atividade, olhem esse POST e vejam qual o exercício ideal para cada um de vocês.

Um exemplo é a própria Fabi, que no início só fazia aeróbica pois se divertia com a atividade. Ela não queria nem pensar em pensar em musculação. Hoje, com outras metas definidas faz os dois e está curtindo, mas hoje tem uma motivação para isso. Sua meta agora é diminuir a porcentagem de gordura corporal e definir. Ela revela que até desistiu de fazer cirurgias reconstrutivas após começar a ver os resultados da musculação.

Superação-Fabiana-Lima-blog-da-mimis-michelle-franzoni-03

Segredo do sucesso
Uma das dicas da Fabi para conseguir chegar lá é se dar metas alcançáveis, para não haver risco de fracassar e acabar desmotivado. Ela conta que sua meta era perder 10Kg em 8 meses, mas em 7 meses já havia perdido 21kg, motivando-a muito mais se a meta fosse 20Kg, por exemplo.

Outra é manter o foco e com isso basta estar determinado. “Eu queria muito mudar e não podia falhar”.

Motivação no processo
No começo, os colegas de trabalho e os amigos de Fabi, não levaram muita fé em sua mudança e falavam que ela estava bem como estava e que não tinha nada que mudar. Mas, ao ir emagrecendo Mari passou a ouvir o inverso de antes, como “agora sim seu marido está feliz”, o que a magoou muito. Ela percebeu então que nunca estaria boa o suficiente para o mundo e que poucos seriam realmente sinceros. Então passou a ignorar qualquer reação externa sobre seu corpo, o que facilitou o processo.

Já a família sempre esteve muito próxima de Fabi, tanto nas mudanças alimentares como na hora da academia, o que a estimulou muito.

Outro incentivo veio da internet: “a Mimis é uma das mulheres que me inspira. Vi que eu também poderia emagrecer, que não era impossível, mas que precisaria de determinação e força”, conta a fofa da Fabi, que revela ainda que sempre imaginava ser protagonista de um SuperAção. É, Fabi, você está aqui! Parabéns, gatona!

Mudança total
O novo estilo de vida escolhido pela Fabi fez mudanças significativas em sua vida. Sobre a saúde física e mental, ela se livrou de um turbilhão de remédios e hoje só precisa de um, que é o da pressão. Deletou o mal humor e a falta de confiança de sua vida, e hoje é feliz tanto no meio familiar como no trabalho. “Se aceitar faz uma diferença muito grande no seu posicionamento no mundo”, revela.

Gatona, já não pensa mais em fazer cirurgias reconstrutivas na barriga e braços. Está super feliz com o resultado alcançado até aqui, mas acredita que mantendo o ritmo saudável vá melhorar cada vez mais. E com certeza vai!

Querem saber como é o dia a dia da Fabi? Sigam-na no Instagram: @fabi_galdino. Ou querem mais histórias motivadoras como a dela? Então acessem os demais SuperAções do blog. A ideia é acreditar que mudar é possível! A gente pode tudo!

Peso antes: 86kg   Peso agora: 62kg   Altura: 1,57m
Tempo de emagrecimento: 8 meses.

Superação-Fabiana-Lima-blog-da-mimis-michelle-franzoni-05

Vetor: Shutterstock.

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

27 Comentários Mostrar comentários

  1. Parabéns Fabi muito legal sua história é uma motivação pra mim, sou muito ansiosa, desconto tudo na comida mas minha alimentação é péssima, não como nenhum tipo de legumes, verduras, frutas é muito complicado, mas um dia irei conseguir, tenho 1,71 e 90kg, nunca cheguei nesse peso!!!!! Mas parabéns você está linda!!!!

  2. Parabéns pela sua força e determinação! Obrigada por compartilhar conosco!
    Preciso emagrecer! Tenho muita dificuldade em tirar o açucar…fico com tremores e suando..a endocrino disse q é normal, vc tem alguma dica?

    • Michelle Franzoni em

      Oi Katia! tem várias dicas aqui no site. Leia os posts com atencão. Essa sensação passa depois de alguns dias. Beijos e força!

  3. Tenho uma dúvida. Porque depois de algum tempo fazendo atividade física e reeducação alimentar, o peso estaciona? Eu iniciei a minha reeducação alimentar e atividade física em 04/01, nas primeiras duas semanas eliminei 4 kg, 2 kg por semana, só que a 3 semanas não elimino nenhuma grama, mas sinto que estou mais leve e as roupas mais largas. Porém quero eliminar mais 7 kg. O que posso fazer?

  4. Fico muito feliz pela sua superaçao,parabens,mais ainda porque tem a minha altura,quero muito ter uma vida saudavel, mudei algumas coisas mas falta muito,fiquei sem ter como acompanhar a mimis,estou de volta,fiz uma cirurgia em dezembro,no joelho ta dificil pra caramba,tem hora que da vontade de chutar o balde,mas quero fazer de forma positiva,agradeço por partilhar sua conquista,um grande beijo.

  5. Parabéns, Fabiana. Me emocionei muito com a sua história… estou com 86 kg também, medindo 1,58. Ver suas fotos me encheu de esperança, fico muito feliz com a sua mudança e vou lembrar da sua história de sucesso, para tentar alcançar o meu sucesso também. Fico muito impressionada com o poder de rejuvenescimento que o ato de emagrecer proporciona às pessoas, ficou muito mais jovem, parabéns.

  6. amei tudo isso,eu estou precisando muito deste grande apoio
    póis tenho 1,67 de altura e estou com 86 kilos, quero perder 10 kilos. com essa ajuda
    irei conseguir.

  7. Parabéns pela conquista! Está mais linda e com a auto estima nas alturas! Logo também irei enviar meu antes e depois para participar da Superação! ! No caminho dos -20kg off!!!

  8. Gisele Barros de Carvalho em

    Super me identifiquei com a história dela, Pois tenho a mesma altura, porém cheguei aos 94.5kg, o mesmo q pesei na gravidez. Faz um mês que estou fazendo R.A e academia e já eliminei 3kg. Adoro o blog e essas histórias pois são muito motivadoras e fazem agente nao desanimar, pois td é possível e eu chegarei lá!!! Vamo q vamo!!!

    • Michelle Franzoni em

      É isso aí, gatona! E tenho certeza que você vai conseguir! Leia o blog que tem muitas coisas legais pra te ajudar. Vc tem instagram? Me segue la! @blogdamimis Um beijo!

×