Superação Tatiane: revolução em casa a faz eliminar 47Kg

26

Sem uma rotina equilibrada na alimentação, Tatiane Timachi, de 33 anos, seguia sua vida, acreditando que jamais conseguiria ficar magra. Casada, mães de dois filhos, via-se presa à rotina da casa, que incluía alimentos congelados, fast foods, frituras e refrigerante e excluía completamente qualquer alimento saudável, até mesmo água e frutas. Como mudar tudo? Não tinha como. Mas um fato a fez querer lutar por uma mudança. Revolucionou geral! As novas regras foram tomando corpo dentro de casa. E hoje tudo está diferente! Ela eliminou 47Kg, deu adeus à depressão e reconquistou a autoestima!

Nada disso foi fácil, e por isso ela conta seus segredinhos para seguir em frente! Vamos ver?

Superação-Tatiane-Timachi-blog-da-mimis-michelle-franzoni-01
Um refúgio nada seguro
A família de Tatiane nunca se preocupou em manter uma alimentação saudável e equilibrada. Sua mãe fazia bolos e salgados para fora, então essas gulodices faziam parte de sua vida. Na adolescência passou a comer muitos lanches fora de casa, mas até aí, Tati ainda mantinha o peso normal.

Só após a sua primeira gestação, aos 20 anos, é que ela passou a engordar. Seu corpo já não era o mesmo, mas a alimentação sim. E agora estava ainda pior, pois não tinha mais horários fixos para se alimentar. Esperava sentir fome e apostava sempre no mais fácil, como congelados e fast foods.

A partir do nascimento do seu filho, Tati começou a tomar remédios e fez várias dietas malucas, como dieta da sopa, do abacaxi, do ovo… mas não mudava seus hábitos. Queria emagrecer rápido, esperava sempre um milagre. Emagrecia 5Kg e engordava 10Kg.

Tati fazia todo mundo acreditar que ela estava feliz, mas na verdade sofria pelo excesso de peso. Ela lembra que chorava toda vez que tentava comprar uma roupa ou simplesmente quando tinha que escolher uma para sair de casa. Nada ficava bonito e não se sentia confortável nos lugares, achava que todos olhares eram de ironia para ela.

Mas a comida era um refúgio, comia por estar alegre ou triste, tudo era motivo para comer. “Não comia o tempo todo, chegava a ficar longos períodos sem se alimentar, mas quando comia queria algo que alimentasse a minha alma”, conta. Sofria se compulsão alimentar, que como já contei nesse POST é possível evitar e também ultrapassar esse obstáculo.

Superação-Tatiane-Timachi-blog-da-mimis-michelle-franzoni-02

O porquê da mudança
Tati já estava numa briga constante com a balança desde o nascimento do seu primeiro filho quando engravidou do segundo. Na época teve certeza que jamais voltaria a emagrecer. Chegou a se aceitar gordinha.

O tempo passou e Tati acabou entrando em uma crise depressiva e síndrome do pânico, se isolando completamente. Ficou seis meses trancada em casa, sem ver a rua. Para conseguir driblar essa situação, Tati teve que reavaliar muita coisa. Teve que recomeçar. Foi nesse momento que encontrou forças para mudar. Decidiu que iria se cuidar e se colocar como prioridade.

O marido de Tati a apoiou, mas achava que aquela seria mais uma de suas tentativas frustradas de emagrecimento. Até que as mudanças na rotina começaram a ser percebidas. Tati passou a estipular horários para as refeições, passou a cozinhar e deixou de comprar comidas prontas e fast foods. Os doces calóricos foram substituídos por sobremesas leves e frutas.

“Para mim, emagrecimento era sinônimo de passar fome. Eu não acreditava que mudando hábitos daria certo, eu não achava que comia errado, achava que comia pouco! Mas, resolvi tentar essa possibilidade, já que ouvia que funcionava”, revela.

Barreiras comuns do dia a dia
Os filhos, que estavam acostumados ao antigo estilo de vida estranharam. Reclamavam da falta das gulodices, torciam os narizes para a nova refeição. Então, Tati se via obrigada a fazer dois tipos de comidas. No começo ela sofreu muito, pois tinha que lidar com a tentação que ela mesma estava cozinhando. Mas com o tempo e com os resultados aparecendo, seus filhos passaram a dar valor as comidinhas lights da mãe, e acabaram entrando na onda saudável.

Superação-Tatiane-Timachi-blog-da-mimis-michelle-franzoni-04

A dieta de Tati
Seus primeiros passos foram: começar a beber água, que não bebida nem 2 copos por dia. Passar a se alimentar de 3h em 3h, cortar frituras e se matricular na academia.

Para não falhar na dieta, planejamento e organização foram essenciais para Tati. “São as chaves para o sucesso do emagrecimento”, diz. Vejam aqui como planejar a dieta.

Tati então ela passou a deixar frutas e verduras sempre lavadas, o frango desfiado, o iogurte pronto e a planejar as refeições um dia antes, para não falhar. Outra dica é congelar os alimentos.

No começo, por não entender muito sobre os alimentos e seus nutrientes, Tati passou a buscar informações na internet, para ir acertando na dieta e ir deixando-a equilibrada. E realmente é muito legal ter esse conhecimento. Nesse post explico o que são carboidratos, proteínas, fibras e muito mais, e conto de forma simples para o que servem, quais alimentos são ricos nisso ou naquilo. E nesse outro post mostro como ler os rótulos dos produtos, para ninguém cair nas armadilhas dos fabricantes.

A alimentação de Tati passou por uma verdadeira revolução. Como a intenção era passar por uma reeducação alimentar, ela apostou na dieta de trocas, que é o suprassumo da reeducação. Vejam algumas trocas que fez:

Farinha branca por farinha integral
Refrigerantes por água ou águas aromatizadas
Doces por doces magrinhos e frutas
Embutidos por ovos, frango, peixe e carne magra
Sal por ervas
Muçarela por ricota ou queijo branco

Tati era louca por pudim de leite e tenho certeza que muitos de vocês também são. Por isso criei uma receitinha light dessa maravilha! Vejam aqui.

Outro desejo quase que impossível de evitar é o refrigerante. Às vezes parece que a sede é de refri e não de água. Tô errada? Por isso compartilho com vocês o refrigerante natural e zero calorias!! Vejam a receita aqui.

Falando em receitas, ela adora as receitinhas do blog! Suas preferidas são: os smoothies (shakes) e o pão de queijo de frigideira (crepioca). 🙂

Tentações
Com as receitas magrinhas fica mais fácil ultrapassar os obstáculos. Outra forma é apostando nas atividades físicas, que liberam serotonina, nos deixando “saciados” emocionalmente falando. A técnica de Tati consistia em respirar fundo e lembrar de seu propósito maior.

Pode ser apostado também em técnicas diárias para driblar as vontades sem sofrimento, vejam aqui.

É hora de malhar!
Tati lembra que iniciar as atividades físicas não foi nada fácil. Faltava fôlego e sobrava ódio pela academia. Ela só ia por fazer parte de seu objetivo. Mesmo sem a mínima vontade ela colocava o tênis e ia. A dica dela é: nem pare para pensar. E quando se deu conta os exercícios já estavam lhe dando prazer.

Ela iniciou com aeróbicos, depois incluiu a musculação, e atualmente só faz musculação. Treina de segunda a sexta, uma hora por dia, e faz caminhadas leves aos finais de semana.

Sobre ter tempo para se exercitar, assim como tempo para cozinhar, Tati fala uma bela de uma verdade: “Temos que rever as nossas prioridades!”. E não é mesmo, gente? Como diz o ditado: quem quer arruma um jeito, quem não quer arruma desculpas.

Superação-Tatiane-Timachi-blog-da-mimis-michelle-franzoni-03

Pedras no caminho
Durante o processo Tati esbarrou com todo tipo de pessoa e comentário. Nenhuma delas parecia acreditar em seu objetivo, muitos criticavam e diziam que ela estava exagerando ao dizer não para certos convites ou comidas que lhe eram oferecidas. Alguns chegaram a debochar de sua determinação. Mas todas elas hoje a buscam como inspiração e pedindo dicas.

Mas, para Tati a maior dificuldade de todo o processo é driblar as vontades, e eu já dei dicas ali em cima de como vencê-las! 😉 As pessoas sempre vão criticar, e esse “problema” virou fichinha quando Tati se deparou com tudo o que teria que abrir mão. “No início é mais complicado, por não estar acostumado com determinados alimentos, o paladar estar viciado em outros sabores, mas cada dia a gente enfrenta uma luta diária, tem horas de desânimo, como tudo na vida da gente”, explica.

É isso aí, determinação é a palavra. Basta querermos muito uma coisa para conseguirmos alcançá-la.

Autoestima e 47Kg a menos
Com os novos hábitos, Tati tornou-se outra pessoa e o maior resultado alcançado foi o amor próprio. Antes, ela fingia estar feliz, mas no fundo sofria, não gostava do que via no espelho, não se aceitava. Ao mudar sua rotina, conquistou qualidade de vida, que resultou em mais disposição, autoconfiança e saúde. Não precisa mais dos antidepressivos e ganhou alta do psiquiatra.

Pequenas coisas do dia a dia que a Tati não fazia por conta do excesso de peso, ela passou a fazer! Conseguir se enrolar na toalha de banho, amarrar o tênis, prender a sandália, subir escadas, cruzar as pernas, sentar em cadeira de plástico, sentar no chão e levantar, correr, não sentir falta de ar… Ufa! É uma nova vida!

A casa toda hoje está transformada. A família percebeu o quão importante é manter uma alimentação saudável, afinal, viram de perto toda a transformação da mãe, e hoje todos mantêm uma rotina nota 10!

Que tal começar hoje mesmo uma mudança como a da Tati? Quem precisar de mais incentivo, dá uma olhada nas demais histórias de superação e na minha história também. Tenho certeza que vão ajudar muito! Acreditem em vocês!

Peso antes: 100,4kg  Peso agora: 53kg  Altura: 1,56m
Tempo de emagrecimento: 24 meses.

Superação-Tatiane-Timachi-blog-da-mimis-michelle-franzoni-05

Vetores: Shutterstock.

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

26 Comentários Mostrar comentários

  1. Olá Mimis,
    Parabéns pela história de superação, por sua determinação e pelo blog.
    Tenho 56 anos, 35kg acima do peso, vários problemas de saúde. Emagrecer hoje, significa não só a recuperação da auto estima e do “retorno” “a vida, mas sobretudo é uma questão urgente de saúde. Já tentei várias dietas e o efeito sanfona foi o pior resultado que conquistei. A flacidez é presente em várias partes do corpo.
    Li vários exemplos de superação, mas nenhum na minha faixa etária. Preciso de ajuda e estímulo. Agradeceria de coração, receber este apoio.

    • Michelle Franzoni em

      Oi amada! Tenho certeza que você vai conseguir! Leia o blog que tem muitas coisas legais pra te ajudar. Vc tem instagram? Me segue la! @blogdamimis Um beijo!

  2. Daniela oliveira de souza em

    Ola mimis !!!!
    Curto muito o teu blog , todos os dias abro a sua pagina pois me serve muito de inspiração .Em agosto comecei a reeducação alimentar em dois meses conseguir eliminar 12 quilos , só que ainda falta eliminar sete e ainda não conseguir mesmo mantendo uma alimentação adequada , exercícios físicos .gostaria que você me ajudasse , em dicas ,enfim não quero desanimar estou firme e forte pois pretendo muito atingir o meu objetivo .

  3. Eu comecei a malhar faz 5 Dias e minha ra…
    Mas confesso q malhar é pior parte…
    Dói demais…
    Vx teria alguma dica pra me passar???
    Obrigada

    • Michelle Franzoni em

      Oi Jessica, se vc tem ficado dolorida após o treino, deve pegar um pouco mais leve nas duas semanas iniciais. Beijos e não desista!

  4. Maira Karybia Mendes em

    Sou Personal Trainer, emagreci 20kg em tres meses em Out/ Nov/Dez 2014 , em menos de um ano engravidei e agora estou 15kg acima do meu peso , oriento um grupo de meninas que estão com sobre peso , estamos juntas na luta … Escrevi isso no nosso grupo do whats ao ter uma recaída… Alguém se identifica???
    Trabalhar com vocês algo tão delicado que é emagrecimento, me fez querer voltar a estudar , reler livros que há anos li … Para entender esse processo, o que tem por trás disso tudo … Acabei de ter uma recaída … Comi um pacote de bolacha da vaquinha com leite … Mas porquê?! Essa falta de controle … Nada mais é do que a falta de pensar … Isso mesmo, pensar … O que me faz verdadeiramente feliz? Comer é a única maneira de me sentir feliz … O que está roubando minha liberdade para escolher o que quero comer … O açúcar, o trigo é um vício … Assim como o álcool e como a nicotina, fuga? É uma fuga sim, de alguém extremamente, perfeitamente, rigorosamente, controladora , veja bem, controladora e não controlada… Então vamos lá, a comida é uma fuga, um prazer repentino, que pode ser um dos únicos prazeres do dia … Quem quer viver assim? Onde o único prazer está em um pacote de bolacha da vaquinha … Estranho isso né ?! Mas muita gente passa por isso … Vou entender isso , para achar uma forma de mudar esse quadro de dependência de um prazer momentâneo que só traz mais desgosto e falta de amor próprio … Porque se olhar e se odiar é algo extremamente doloroso … Compartilho isso com vocês???? Acho que sim …

  5. Sandra Cristina em

    Amei essa história de superação, e a Tati está certa, quando a gente realmente quer, a gente dá um jeito, a mudança não é rápida, mais vale muito a pena, estou iniciando, já se foram 11 quilos e estou muito mais disposta, obrigada pelas palavras me ajudaram muito…obrigada por esse blog Mimis…bjss

  6. Oi, tudo bem. Sou Adriana, de capão da canoa Rio Grande do Sul, eu emagreci bastante, tomando a água termogenica, e ainda caminho 3 km todos os dias para ir pro trabalho. Mas como eu era muito gordinha estou ficando com barriga de avental. O que posso fazer???????

  7. Nossa, até me emocionei com o Recado da Tati para os leitores! Não se importe com o tempo, ele vai passar de qualquer jeito!!!! Pura verdade!
    Estou acima do peso e toda vez fico frustrada quando não consigo concluir uma dieta! Quero perder hoje, quero agora e não tenho paciência em perder 1, 2 ou três por mês, quero perder 10 kg em uma semana, e sei que é impossível e acabo deixando mais um dia ir embora junto com meu desanimo!
    Parabéns Tati! Você venceu seu peso extra, sua depressão e hoje esta ai, linda, loira e magra!!!!

  8. TATI FOI MINHA PROFESSORA DE INFORMATICA
    , NA MICROCAMP. SEMPRE MUITO MEIGA E PACIENTE COMIGO. TENHO O MAIOR CARINHO PARA COM ELA. NEM ACREDITEI QUANDO A VI NO FACE TOTALMENTE TRANSFORMADA E LINDA! ELA É UM EXEMPLO A SER SEGUIDO E PROVA QUE QUANDO QUEREMOS, PODEMOS!!!!!!!!!.

×