Dieta para a tireoide: alimentação certa para hiper ou hipotireoidismo

7

Se você tem distúrbio na tireoide, seja ele hipertireoidismo ou hipotireoidismo, o tratamento deve ser feito com medicamentos e acompanhamento médico, porém, a alimentação é uma aliada indispensável para manter uma vida saudável, principalmente para quem quer manter o peso ou emagrecer, e você deve saber quais alimentos incluir e quais evitar na dieta.

A função da tireoide é produzir e encaminhar os hormônios triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), regulando assim o metabolismo, que a maneira como o seu corpo usa e armazena energia.

No caso do hipertireoidismo, quando a glândula da tireoide está produzindo hormônios em excesso, o metabolismo está acelerado, fazendo com que a pessoa fique mais agitada e tenha dificuldades para ganhar peso, por exemplo.

Nesse caso, devem ser evitados os alimentos ricos em iodo, cafeína, soja e seus derivados, gorduras saturadas e produtos industrializados. Por outro lado, estão os recomendados: ácidos graxos, ômega 3, cálcio, vitaminas C e D, antioxidantes e vegetais crucíferos (onde se encontram as couves).

Para quem sofre de hipotireoidismo a situação é oposta, há uma queda na produção dos hormônios. A pessoa fica desanimada, sente-se pesada e tem mais facilidade em ganhar peso. O indicado é evitar os chamados bociogênicos, alimentos que interferem na correta absorção do iodo, e que contenham flúor e cloro. O ideal é apostar na alimentação baseada em iodo, fibras, selênio e tirosina.

Para facilitar, montei um quadro com os alimentos ricos nos nutrientes necessários para uma dieta equilibrada e os que devem ser evitados para cada um dos casos.

E caso fique alguma dúvida sobre como funciona a tireoide e os sintomas de seus distúrbios, dê uma olhada nesse post AQUI, onde explico tudo! 🙂

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

7 Comentários Mostrar comentários

  1. Gratidão eterna por esse trabalho tão rico que muito me ajudou.
    Muita luz pra todos os corações fraternos que estão sempre compartilhando utilidades como estas!!!
    Dirce Romano.

  2. Bom dia Mimis,
    Tenho hipotireoidismo e consumo castanha do Pará todos os dias pois são ricas em selênio. Mais de acordo com sua tabela para quem tem hipo deve evitar as oleoginosas como a castanha. Pode me ajudar nesta duvida se a castanha ajuda ou não no caso do hipo ?

    • Michelle Franzoni em

      É que apesar de ser rica em selênio, a castanha-do-pará é classificada como bociogênico e afeta a produção hormonal das glândulas tireoides. Evitá-los é muito importante para tentar esquivar a obesidade, algo recorrente nestes casos. Mesmo assim, converse com o seu médico antes de qualquer mudança, ok? Beijocas

  3. Fernanda Valence em

    Oi Michelle!!! Sigo suas postagens no Face e seu blog! Queria te parabenizar por sua simpatia e beleza!! Admiro e confio mto no seu trabalho. Quero eliminar 12 kilos. Tenho Hipo e faço acompanhamento médico.
    Gostaria de saber mais sobre a manteiga clarificada (Ghee). Se realmente é boa, se ajuda no processo de emagrecimento…
    Obrigada.

  4. Minha mãe sofre com isso, com tireoide. O médico dela disse que ela teria que tomar um tal de Puram o resto da vida, isso é muito triste sabe? Vou mostrar esse artigo pra ela, espero que a alimentação, como você recomendou, também a ajude. Muito obrigada. 🙂

×