Depilação: livre-se dos pelos de forma definitiva

0

A depilação definitiva é uma ótima aliada para quem sofre com o excesso de pelos. As principais opções são a depilação a laser e a fotodepilação (ou luz pulsada), que precisam de no mínimo 10 sessões, porém são praticamente indolores, se comparadas com a depilação a cera, e podem ser feitas em qualquer parte do corpo.

Tais procedimentos acabam de forma definitiva com o problema da foliculite e pelos encravados, comum em quem sofre de alergia a lâminas e ceras. Além de ser perfeito para os impacientes ou para os que não conseguem tempo para tais cuidados no dia a dia.

Como funcionam?
O laser busca a melanina altamente concentrada na raiz do pelo e produz superaquecimento e morte do bulbo capilar (raiz), danificando a estrutura, impedindo assim a sua renovação.

Sobre a dor, muitas clínicas usam gel e pomadas anestésicas. Porém, o laser de Alexandrita, ainda difícil de ser encontrado, não dó quase nada por conta se seu sistema de resfriamento antes do disparo do laser.

Um outro ponto a ser considerado são as cores das peles. As peles morena e negra devem procurar por clínicas trabalhem com os lasers Quantum e o Light Sheer.

No caso da fotodepilação, a luz promove o enfraquecimento dos pelos, fazendo com que demorem cerca de um ano para voltarem a crescer. Porém, quando voltam, voltam bem mais finos. A dor é bem fraca e vai diminuindo de sessão em sessão.

Vejam as suas principais diferenças no quadro abaixo:

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

×