Vitamina D: importância, sintomas de deficiência e como obter

3

A vitamina D ou “vitamina do sol” é essencial para o nosso organismo. Sua principal função é facilitar a absorção do cálcio, que controla o crescimento celular, fortalece o sistema imunológico, diminui o risco de doenças ósseas e cardíacas e ajuda na perda de peso. Sua falta favorece 17 tipos de câncer e diversas doenças, dentre elas a síndrome metabólica, associada à obesidade.

Vejam os principais sintomas da falta da vitamina D: ficar doente com frequência, estar sempre cansado, com dor muscular, nos ossos, nas costas, demorar para cicatrizar um machucado, perder muito cabelo e a depressão.

Existem duas formas de manter este componente em equilíbrio em nossas vidas: por meio de exposição solar (por isso o nome “vitamina do sol”) e através da alimentação. Quando essa dupla não é suficiente, precisamos recorrer para a suplementação.

Como obter

1 – Tomando banho de sol
Os raios ultravioletas do tipo B (UVB) estão em primeiro lugar de importância. Isso porque garantem entre 80 e 90% da síntese de vitamina D. O recomendado é tomar banho de sol, sem protetor solar e sem proteção de vidros, de 15 a 20 min. todos os dias. O motivo: nossa pele é rica em uma substância chamada colecalciferol, que ganha forma de vitamina D ao ser atingida pelos raios solares.

2 – Por meio de alimentos
Alguns alimentos de origem animal são ricos em vitamina D e devem ser incluídos no cardápio semanal (veja a arte).

3 – Por meio de suplementação
Deve ter orientação médica, pois o excesso de vitamina D pode ser prejudicial! Apesar de rara, sua toxicidade existe e se dá pela ingestão oral.

 


Importância e riscos da deficiência
Além de essencial para o nosso corpo, a vitamina D têm benefícios significativos, como já disse: ela ajuda até a perder peso. Isso se deve à presença de receptores de vitamina D nas células, que quando estimulados ativam a queima de gordura. Isso, claro, aliado a uma alimentação equilibrada e exercícios físicos. A vitamina D ainda inibe os níveis de cortisol, hormônio que estimula o acúmulo de gordura abdominal.

Vejam a tabela a seguir onde pontuei os maiores benefícios de estar com a quantidade de vitamina D em dia no organismo e os problemas que ficamos mais propensos com a falta dela.

Quantidade diária necessária
O valor diário de vitamina D para os adultos é definido como 600-800 UI (unidades internacionais) e para as crianças 400 UI. Esta vitamina é solúvel em óleo, o seja, para que você a absorva melhor, é preciso ingerir gordura.

Curiosidade
Já se perguntaram por que “vitamina” se ela pode ser sintetizada pelo nosso organismo? É que a vitamina D é na verdade um hormônio, não uma vitamina. Foi denominada “vitamina” em 1922 quando foi descoberta. Pesquisadores da época acreditavam que ela era apenas obtida por meio da alimentação.

Contem pra mim, sentem algum dos sintomas descritos? Já tiveram deficiência da vitamina?

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

3 Comentários Mostrar comentários

  1. Olá pessoas!

    Eu faço acompanhamento com endócrino e foi ela quem notou essa deficiencia de vitamina D. O exame comprovou a falta e estou tomando dois tipo de medicação para elevar estes níveis.

  2. Há um ano fazendo exames de rotina, descobri que estava com deficiência de vitamina D. No começo achei estranho, pois estou sempre caminhando na rua com exposição frequente ao sol, mas mesmo assim, minha médica me receitou comprimidos para ajudar a repor. Sem conhecer muito esta deficiência, busquei mais informações, e percebi que todos os sintomas se encaixam perfeitamente e que esta deficiência não é apenas por tomar pouco sol…E hoje, em uma de minhas visitas de rotina ao blog, achei super interessante esta lista com os alimentos que podem me ajudar. Obrigada Mimis!

  3. Bom dia todos.
    Sugestão importante. Para nós , leigos, é fundamental o quanto de cada alimento temos que comer para obter
    as quantidades diárias corretas da vitamina.

×