Superação Luana: após eliminar 35Kg, quer perder mais 30Kg

15

A Luana Leal era atleta e modelo durante a adolescência, mas a ansiedade a fez ganhar quilinhos extras. Os quilos a mais não foram aceitos por ela, que passou a se recusar a sair e aumentando ainda mais seu peso, e ficando 74Kg a mais que seu peso normal. Dos 19 aos 29 anos ela fechou-se para o mundo, até que aos 30, em 2017, percebeu que era a única que poderia mudar a sua história e lutou contra a ansiedade, a baixa autoestima e emagreceu 35Kg! “Ainda faltam 30kg para chegar ao meu objetivo, mas eu acredito que é possível e não quero desistir”, revela.

A coragem foi maior que a vergonha que sentia por ter chego aos 154Kg. Começou sozinha, sem falar para ninguém, para não se sentir pressionada. Após eliminar 30Kg, criou uma página na internet, para ganhar incentivo e também ajudar pessoas como ela. Cliquem aqui para visitar a sua página.

O empurrão para a mudança
Luana conta que se sentia feliz, sempre teve uma vida ótima, mas ao mesmo tempo sentia  muita vergonha. As pessoas que já a conheciam, perguntavam “O que havia acontecido para ela engordar tanto?”, e nas ruas, bastava um olhar e Luana já sabia que era de discriminação. Isso tudo ficava ainda mais forte por ela não se aceitar.

“Eu falava que não me importava com o peso, mas me importava sim. Sofria calada”, revela.

Além da vergonha que sentia, percebeu que se não fizesse nada, poderia sofrer muito pelas consequências do excesso de peso. “Percebi que se eu não fizesse nada ia acabar morrendo”, conta.

Os primeiros passos
A alimentação de Lu era à base de carboidratos, industrializados, frituras, doces e refrigerantes. “Tudo o que fosse gorduroso ou calórico”.  Lu tinha dificuldade em comer saladas e frutas, então, a princípio, diminuiu tudo pela metade e passou a fazer caminhadas diariamente. Aos poucos, foi substituindo os alimentos que consumia por alimentos mais saudáveis.

Apostou na dieta de trocas. Hoje, dá preferência aos carboidratos de legumes, trocou os alimentos por suas versões integrais, o chocolate ao leite pelo 60% cacau. Cortou fritura, gordura e refrigerante, e diminuiu consideravelmente o consumo de industrializados.

Alimentação hoje
Atualmente, Lu alimenta-se de 3 em 3 horas e aposta na seguinte dieta diária: no café e lanche, mescla 1 fruta e 1 carboidrato. No almoço, escolhe entre salada com proteína ou salada, proteína, arroz integral e feijão. À noite, aposta na omelete, ou no espetinho de carne com salada, ou carne com salada.

Como manteve o foco
Segundo a Lu, a pior parte é resistir às jacadas nos momentos de tristeza. “Quando a gente fica triste no trabalho, ou passa por alguma dificuldade pessoal costumamos nos entregar à tristeza e a comida”, conta.

Para driblar isso, percebeu que tinha que ocupar a mente com outras coisas, e foi na atividade física que encontrou conforto. “É uma ótima terapia”.

Além dos exercícios, encontrou apoio no blog, nas histórias de superação e nas receitas diferentes, que a ajudam a variar no cardápio.

E Lu sempre teve fé em Deus. Rezava e pedia forças em oração. Mas, Lu revela que é um desafio diário, e mesmo depois de 7 meses e já incorporada à reeducação alimentar, ainda tem que resistir bastante.

Os exercícios
No primeiro mês do processo, Lu fazia somente caminhadas três vezes por semana, depois passou a aumentar e intercalar com vôlei. Após o terceiro mês, entrou na academia e no kickboxing, e hoje, administra todas essas atividades durante a semana.

Distribui a rotina da seguinte forma: musculação pela manhã (antes do trabalho), todos os dias, à noite, divide a semana com aeróbico (esteira ou zumba) e o kickboxing.

O resultado veio!
Apesar de Lu ainda estar na batalha para eliminar outros 30Kg, ela já é uma vencedora! Já sentiu o gostinho de “chegar lá” e agora vai até o final. Segundo ela, o segredo é acreditar, pois quando o resultado vem, tudo muda. Hoje, Lu está saudável, cheia de disposição, com energia para fazer e realizar coisas.

“Ainda estou na caminhada, mas a melhora na minha saúde e na minha disposição são os pontos mais fortes do processo. A autoestima nem se fala, eu achava que me amava, mas só hoje sei o significado do amor próprio!”

Quem aí também quer sentir o poder da transformação? Clique aqui e cadastre-se para receber as dicas diariamente, curtam a página do Blog no Facebook e sigam o instagram @mimisfranzoni

Tem ou conhece alguém com uma história de superação? Mande e-mail para promoção@blogdamimis.com.br

Beijocas!

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

15 Comentários Mostrar comentários

  1. Maria Irismar de souza lima em

    Gostaria de ter essa força, também.
    Admiro o esforços de cada uma delas, eu estou acima do meu peso 35 kg, já tentei várias vezes emagrecer, com deitas de todos os tipos ,mais todas as tentativas foram inúteis. Por isso fico feliz por todas.

  2. Janaina Oliveira em

    Linda história, preciso perder mais 5 kg, porem, ja se foram 14kg em seis meses…nao eh fácil, mas eh uma decisão que precisamos tomar sozinhas e por nos mesmas. Nos momentos de tristeza tem que ter muita serenidade pra nao atacar os bombonzinhos da gaveta…rrssrrrs

  3. Parabéns! É necessário muito foco, muita dedicação! Sei bem como é!
    Meu objetivo também esta quase sendo alcançado, apenas -2kg ainda!
    Já se foi -23kg!

    Acredite em você sempre! Que tudo é possível!

×