Endometriose: tudo o que você precisa saber

3

A endometriose é um problema bem comum e normalmente é diagnosticada entre os 25 e 35 anos. Nem sempre é descoberta cedo, já que os sintomas iniciais são muito parecidos com os mesmos que antecedem uma menstruação, como: inchaço, cólicas e sensibilidade, o que acaba levando a mulher a ter que apostar em tratamentos mais invasivos. Mas, acalmem-se! Abaixo trouxe dicas de prevenção e, também, todos os possíveis sintomas de uma endometriose.

A endometriose ocorre quando o endométrio* cresce para além do útero, atingindo outros órgãos, como: trompas, ovários, intestinos e bexiga. E, mesmo crescendo para fora do útero, ele mantém o processo de expulsão do endométrio (menstruação), gerando uma cólica ainda maior que a normal, além de sérios problemas.

*O endométrio reveste o útero todo mês esperando uma gravidez, se não há fecundação, ele descama, ocorrendo a menstruação.

Vejam a baixo os sintomas, causas, fatores de riscos e tratamentos!

Lembrando que é importante fazer exames ginecológicos periodicamente, assim, evitamos problemas mais sérios!

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

3 Comentários Mostrar comentários

  1. Bela Postagem parabéns… Vou procurar saber mais sobre Endometriose esse Problema é muito sério pelo Jeito que a Dona Fabiana falou no comentário que até fez uma operação fiquei até com medo tenho pavor de Hospital

  2. O que te inspirou a fazer um post sobre este assunto? Vc sofre desta doença ou conhece pessoas próximas?
    Pergunto pq até fiz um repost seu no meu Instagram. Por sinal eu estou operada devido a este problema.

×