Síndrome de Burnout – o que é, sintomas e tratamento

0

Com um nome difícil, esse adoecimento é mais fácil de entender do que parece, pois se trata de um estresse excessivo e crônico diretamente ligado às nossas relações com o trabalho. A Síndrome de Burnout ou síndrome do esgotamento profissional é um distúrbio emocional caracterizado por estado de estresse, tensão emocional e esgotamento físico resultantes de situações de trabalho desgastantes, físicas e psicológicas.

A síndrome não surge em consequência de uma falha pessoal, e sim através do desequilíbrio do indivíduo com seu trabalho, como: volume de trabalho, responsabilidades, reconhecimento, equipe, justiça e valores. Professores, profissionais da área da saúde e policiais estão entre as classes mais atingidas.

Os sintomas poder ser físicos e psíquicos, o sintoma mais comum é a sensação de esgotamento que pode resultar em dores de cabeça, cansaço, insônia, palpitação, ausências no trabalho, irritabilidade, isolamento, dificuldade de concentração, ansiedade, etc. (veja outros na arte abaixo)

O diagnóstico é feito por um especialista da saúde mental como um psiquiatra ou psicólogo. O tratamento normalmente é com psicoterapia e se necessário medicamentos. Muitas vezes são indicadas mudanças nos hábitos e estilo de vida, praticar exercícios físicos, e passar mais tempo com a família e amigos. Para prevenir esse distúrbio é essencial manter o equilíbrio entre o trabalho, lazer, família, vida social e atividades físicas.

Como na maioria dos adoecimentos mentais, existe uma relutância em procurar ajuda médica, por isso fique atento aos sintomas tanto seus quanto de seus amigos e familiares. Não negligencie sua saúde!

Vocês já tinham ouvido falar desse transtorno? Conhecem alguém que passou por isso? Me contem 🙂

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

×