Cálculo renal – Sintomas, causas e tratamento

0

Você sabia que os rins funcionam como dois grandes filtros do sangue no nosso corpo? Além de água para formar a urina, eles têm a capacidade de reter cálcio, oxalato, ácido úrico, entre outros elementos. Entretanto, quando há uma grande quantidade desses elementos e pouco líquido para dissolvê-los é que surgem as famosas e temidas “pedras nos rins” ou “cálculo renal”. São cristais que podem se formar em qualquer parte do sistema urinário, variando bastante de tamanho.

Em alguns poucos casos, a pessoa pode ser assintomática ou sentir apenas um incômodo enquanto os cálculos passam pelos ureteres. No entanto, na grande maioria dos casos, o paciente pode sentir uma forte cólica renal, que começa na região lombar e passa para outras áreas, como a frente do abdômen.

Ao sentir qualquer sintoma é importante procurar atendimento médico, para diagnosticar qual o tipo de cálculo renal, realizar os exames necessários e iniciar o tratamento adequado. Durante as crises, a dor é extremamente forte e normalmente é indicado pelo médico o uso de anti-inflamatórios e analgésicos. Em alguns casos, o tratamento pode ser feito em casa, sem necessidade de internação e as pedras são expelidas pela urina.

As causas do cálculo renal podem estar ligadas a predisposição genética e podem se agravar devido a algumas doenças, podem estar relacionadas também à infecção urinária, desidratação crônica, maus hábitos alimentares e a alguns medicamentos, como diuréticos e corticoides. A melhor forma de prevenir o cálculo renal é investir em uma boa alimentação e beber água regularmente, de dois a três litros por dia, entre outras, que eu conto mais no infográfico abaixo.

Gostaram do post de hoje? Bora beber água?! kkkk

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

×