Acne adulta: dicas para evitar e tratar o problema

Por Michelle Franzoni em 29 de setembro de 2016

Como assim, acne adulta? Após os 25 anos algumas pessoas, principalmente as mulheres, tendem a apresentar espinhas e cravos, mesmo aquelas que nunca sofreram com esse problema. Mas isso não se trata de uma adolescência tardia. As causas podem estar associadas desde a alterações hormonais até a uma alimentação errada, resultando na oleosidade excessiva e posteriormente na acne inflamatória. Por isso separei dois quadros com super dicas, um para quem quer evitar e outro para quem precisa tratar o problema da acne adulta! 🙂

Antes, vale entender exatamente quais podem ser os motivos do aparecimento dessa acne. No caso das alterações hormonais, que é a mais comum, a ocorrência se dá principalmente entre os 25 e 35 anos, onde há um aumento na produção de hormônios masculinos no organismo feminino. Nesse caso, a mais comum é resultado da síndrome dos ovários micropolicísticos.

Além desse distúrbio, que poderá ser tratado com ajuda do ginecologista, as acnes podem se desenvolver por conta do mal ou excessivo uso de maquiagens, da má alimentação, do uso de medicamentos anabolizantes, início de gravidez, ou ainda pelo uso de métodos anticoncepcionais hormonais como a pílula e diu.

Para saber qual a sua causa específica, vocês devem procurar primeiro um ginecologista (no caso das mulheres), pois os tratamentos dermatológicos não darão conta sozinhos do problema se ele for de natureza hormonal. E sempre peçam para fazer um exame de sangue antes de iniciar qualquer tratamento.

Mas, afinal, o que é a acne? Seu nome é um pouco maior, é Propionibacterium acnes, e ela é uma espécie de bactéria que vive em meio anaeróbio, ou seja, sem oxigênio. Então, para os tratamentos estéticos, além de mantermos a pele sempre limpa, devemos usar produtos que aumentem a concentração de oxigênio na pele.

Confiram os quadros a seguir!

acne-blog-da-mimis-michelle-franzoni-post-01

acne-blog-da-mimis-michelle-franzoni-post-02

Gostaram das dicas? Contem aqui nos comentários se vocês já passaram ou estão passando pelo problema da acne tardia! E lembrem-se: antes de escolher o tratamento vocês precisam descobrir primeiro qual a causa. Procurem um médico e tenha sempre acompanhamento!

Beijocas!

 

Imagens e vetor: Shutterstock.

Michelle Franzoni

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

17 respostas para “Acne adulta: dicas para evitar e tratar o problema”

  1. Jamyle disse:

    Pois é Tatiane todo cuidado é pouco muitas coisas causam a acne.

  2. Excelente artigo.
    É um mal para todas nós mulheres.
    Me livrei só depois dos 27 anos, mas sempre que bate o stress ainda volta um pouco.

  3. Thíte disse:

    Muito boas as dicas pois em mim quando tomo refrigerante aparecem muito.

  4. Eu tenho 29 anos e ainda sofre com acne.
    Gratidão por compartilhar essas dicas!

  5. Wonderful article thank you.

  6. Karla disse:

    Muito explicativo…adorei este post.
    Já sofri muito com cravos e espinhas, a minha cura foi a alimentação e usar menos make.

  7. Anna disse:

    Valeu pelas dicas, sofro de espinhas até hoje aos 33 anos de idade.

  8. Ana Paula disse:

    Amei as dicas! Eu sofro com esse problema e aumenta ainda mais na TPM.

  9. Bea disse:

    Muito bom… essas dicas tem me ajudado muito

  10. Carla disse:

    Muito boas as dicas… cairam do céu porque mesmo depois dos 30 to cheia de espinha! Obrigada!

  11. Tatiane disse:

    Não sabia que tantas coisas poderiam causar acnes. É preciso muito cuidado mesmo. Obrigada pelas dicas.

  12. DanielleMarquesMoura disse:

    Ótima s dicas

  13. Genilma disse:

    Sofro sempre com isso, principalmente no período menstrual, a pele fica oleosa.

  14. Rita disse:

    Já passei por isso, mas nunca descobri ao certo a causa das espinhas tardias. Uma coisa que me ajudou, foi evitar cutucar, isso evitou as cicatrizes. Acredito que a causa era hormonal, pois com o tempo o problema da acne tardia desapareceu. Bjsss

  15. Fátima disse:

    Eu tenho 50 anos e contínuo tendo acne como há 20 anos. Já fiz de tudo, até Roacutan já usei, embora não tenha concluído o tratamento.

  16. Alexsandra disse:

    Adorei o tema! É muito mais comum do que imaginamos, mas muito pouco comentado. Como foi dito, é um problema que pode ter diversas causas, inclusive as emocionais, por isso o tratamento também pode variar de pessoa para pessoa. Mas essas dicas são super recomendadas, e digo por experiência própria!

  17. Luciana disse:

    Não gostei dessa matéria. Tomei Roacutan duas vezes e, além de não ser uma solução definitiva em muitos casos, ele deixa várias sequelas, como olhos secos, ressecamento das vias nasais, pele, intestino, etc. Sequelas que muitas vezes são permanentes. MUITAS.
    O anticoncepcional pode causar trombose ao longo dos anos mesmo em quem não tem tendência (tem um exame de sangue que diz se a pessoa tem tendência).
    Antibióticos, vc vai matar toda a sua flora intestinal, causando uma baita disbiose, fora outros efeitos colaterais e as espinhas irão voltar.
    A única saída segura e saudável pra acne adulta é ter uma dieta LIMPA, sem produtos industrializados, sem glúten, sem leite e low carb. Isto é, comer alimentos vegetais e animais, com gordura de qualidade, como oléo de côco e azeite.
    Experiência de quem sofreu muito com acne e tem sequelas causadas pelas três opções de “remédios” dadas acima e que comprovou que a dieta correta realmente cura a acne.

Deixe um comentário para Thíte Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *