Como fazer tahine caseiro

Por Michelle Franzoni em 25 de outubro de 2016

Faz tempo que queria fazer essa receita em casa e coloquei a mão na massa! O Tahine é uma pasta de gergelim 100% que é muito utilizado na culinária árabe. Eu já passei uma receita que adoro de pastinha árabe que é o babaganush no qual utilizamos tahine.

E agora é hora de fazer o tahine caseiro! Um potinho desse no mercado custa em média R$20,00 e aqui saiu apenas R$ 6,50! Bela economia, heim!

É muito fácil de fazer e incrivelmente só vai gergelim na receita!

O legal é que ele dura bastante na geladeira pois é feito de gorduras boas que se mantém conservadas. E falando nisso, ele é super saudável por conter gorduras boas, mas não é bom abusar por conta das calorias.

Quem vai testar? Em breve vou passar outra receita com Tahine pra vocês!

Espiem todas as minhas receitas magrinhas e saudáveis AQUI.

tahine-caseiro-blog-da-mimis-michelle-franzoni-post

Como fazer tahini caseiro
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Votos: 36
Classificação: 3.78
Você:
Classifique esta receita!
Print Recipe
Porções: Calorias por porção
91 Kcal
Ingredientes
Modo de preparo
  1. Torre o gergelim no forno ou em uma frigideira pré aquecida. Na panela ele leva cerca de 5 minutos para dourar, mexendo sempre para não queimar.
  2. Leve o gergelim torrado ao processador ou liquidificador e bata até virar uma pasta. É necessário pausar e mexer de vez em quando.
Dicas

Se utilizar o liquidificador, que é menos potente, desligue de tempos em tempos e dê uma sacodida. Cuide para seu aparelho não queimar.

A cor do tahini pode ser mais clara ou escura, dependendo do quanto deixar torrar o gergelim.

Sugestão
Café da manhã, lanche, almoço, jantar
www.blogdamimis.com.br

Michelle Franzoni

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

47 respostas para “Como fazer tahine caseiro”

  1. lica disse:

    Muito Obrigada
    Fui comprar e custa R$66,00 no lugar mais barato.
    Receitinha gostosa e simples.
    Obrigada por compartilhar esta delicadeza

  2. Patrícia disse:

    Fiz com o gergelim integral. Torrei em panela de alumínio de fundo grosso, fogo baixo, mexendo sempre, até levemente torrar, aguardei amornar, bati em liquidificador com azeite de oliva, ficou bem parecido com os Tahines comerciais. Os Tahines são produzidos em prensa e ficam mais cremosos. Os mini processadores são os equipamentos ideais para produzirmos uma quantidade pequena de pasta de gergelim. Obrigada pela dica Michele!!!

  3. Maria de Fátima Simões disse:

    Adorei as dicas
    Obrigada

  4. Michele Maestri disse:

    Segui os passos para fazer tahini, mas não virou pasta de jeito nenhum. Ficou parecendo uma farinha

  5. Roberto Celestino disse:

    Bom

  6. Roberto Celestino disse:

    Gostei

  7. Fabio D´Lorian disse:

    mas tahine não leva também azeite de oliva?

  8. Regina disse:

    Adorei…o que vi vou te seguir.

  9. Luiz Arnaldo disse:

    Pergunta:usa-se o gergelim sem a película ou com?

  10. Jo disse:

    não torrei o gergelim e agora? está batendo ainda não virou pasta está quase dá pra salvar?

  11. Thamara disse:

    Oii, obrigada pela receita!!
    Eu fiz e não deixei queimar mas acho que tostei demais e ficou com gosto muito amargo. Quando fui fazer o homus o tahine acabou deixando mto gosto amargo e ficou ruim 🙁
    Alguma ideia pra disfarçar o gosto amargo e salvar isso um pouco?? hahah
    Obrigada!

  12. Cinthia disse:

    Olá Mimis!

    Fiz essa receita e bati o gergelim no liqui, porém ele não deu “liga” pastosa, ficou tipo farelo.
    Aí eu coloquei azeite de oliva para virar pasta. Está correto??
    beijokas

  13. Florencia disse:

    Quanto tahine se faz com 250g de gergelim? Obrigada

  14. Sandra Abreu Teixeira disse:

    Muito bom! !!! Gostaria de receber a receita do tarrini para comer com o quibe.

  15. Sandra Abreu Teixeira disse:

    Muito bom! !!!

  16. Solange Maria de Souza Moura disse:

    Se apenas bater a semente, vira um pó e não uma pasta. A receita está incompleta

  17. Christianne disse:

    Posso usar o gergelim marrom?

  18. Priscila disse:

    Oi Michelle. Adoro suas receitas. Fiz o tahine, mas precisei adicionar água. Você consegue fazer virar pasta sem acrescentar nenhum pouquinho de água? Eu batia batia e só o que conseguia era uma farofinha, daí fui adicionando água aos pouquinhos e consegui.

  19. Geni Zanotelli dos Santos disse:

    Oi Michelle, adoro tuas receitas e dicas. Muito bom teu blog.
    Lembra que ano passado vc foi a um Leilão Beneficente no Museu Cruz e Souza? Gostaria de te convidar para o segundo, a nossa amiga Sandra Ferreira de Mello está organizando. Muitos artistas maravilhosos estão participando.
    Dia 04 de agosto no museu Cruz e Sousa será realizado o segundo Leilão Beneficente.
    Este ano em prol da Avos – instituição de apoio e assistência à criança e ao adolescente, que atua junto ao Hospital Infantil Joana de Gusmão há mais de 40 anos.Os recursos serão destinados a sustentabilidade da Casa de Apoio Vovó Gertrudes, que acolhe crianças e adolescentes provenientes de todo os recantos de nosso estado, portadores de câncer e que chegam ao Hospital Infantil Joana de Gusmão para receberem tratamento de quimio ou radioterapia, dependendo do caso.
    A Casa de Apoio Vovó Gertrudes recebe em média diária cerca de 10 pacientes com seus respectivos responsáveis, com acolhimento de hospedagem e alimentação completa sem qualquer custo para os mesmos.
    Conto com sua presença .
    Bjs

  20. Leopoldo disse:

    Torrei o gergelim mas ele ficou com um cheiro horrível e quando pus no processador só piorou. Provei e ficou intragável. Não deixei queimar mas aconteceu isso :/ já aconteceu com alguém? Ideias do que fazer?

  21. Olá, essa receita da para guardar por quanto tempo ? devo guardar na geladeira?

    Obrigada!
    Amei a receita

  22. Ei disse:

    Eu faço essa pasta há muito tempo. Então, seguem dicas. A primeira é se comprar o gergelim a granel vale dar uma passada de olho porque sempre vem um galho e ele não se desfaz batendo não. A segunda é que o ponto de torrefação determina o gosto muito. Se torrar muito vai ficar com retrogosto amargo. A terceira é que é mais fácil fazer no processador do que no liquidificador, porque quando ele chega no ponto da farofa, ele começa a soltar seus óleos e, portanto, começa a grudar na parede. E, sim, vai ter que parar a máquina e com uma espátula ou colher ir descendo de novo essa mistura. Para isso o processador ajuda e muito. Além disso, para lavar o processador acaba sendo mais fácil. Se o liquidificador não tiver aquela parte de soltar embaixo, bem, sugiro que não faça essa receita, porque a pasta gruda embaixo da lâmina, nos cantos, é realmente um horror. Por fim, se você não tem uma máquina muito potente pode colocar uma a duas colheres de azeite para ajudar nesse processo. Não dá gosto de azeite, prometo. Eu sempre coloquei porque amo comer essa pasta com pãozinho e fica muito mais fácil de passar.

  23. ana cristina silva dos santos dos santos disse:

    pq nao pensei nisso antes,amoooooo tahine,compro direto,vou fazer agoraaaaaaaaaa!

  24. Leilla disse:

    Desculpa a ignorância, mas o que é o Tahine? Como é o consumo dele?

  25. Chris disse:

    Olá, qual gergelim devo usar branco com casca ou sem casca?
    Posso comprar o ja torrado ou é melhor fazer a torra em casa?

  26. margarida disse:

    hummm adoro tahine !!!!

  27. Greice disse:

    Mimis, o meu fica uma farofa, bato bastante e nada de ficar cremoso!!

  28. Mayara Martins disse:

    Posso usar nos preparos de carnes ?

  29. Wania Valeria Zamboni Pereira disse:

    Só bater o gergelim torrado que vira pasta? Não acrescenta mais nada?

  30. Renata disse:

    E fica molhadinho como o tahini mesmo?

  31. José Baraldi disse:

    e onde entra o grão de bico? e o limão?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *