Série Kids: Alimentação infantil vem de berço

81

crianças alimentação blog da mimis dicas5

Eu amooo crianças! E embora alguns de vocês  não saibam, o meu processo de emagrecimento (ver AQUI) começou a partir do meu desejo de ser mãe e algumas reflexões a cerca da família que eu queria ter. 🙂

E hoje começo uma nova categoria do blog: Kids! Tudo para as crianças serem mais saudáveis! 🙂 Gostaram da ideia?

Então  vamos ao post de hoje!

Muita gente não se dá conta de um fato muito simples: a educação alimentar vem de berço.

Desde que nasce, e está no bercinho, 🙂  a criança é ensinada a comer. Ela não tem capacidade de se alimentar  sozinha e são as pessoas que estão ao seu redor, principalmente os pais,  que lhes mostram como, quando  e o que comer.

A palavra berço também é  utilizada para dizer que algo vem de família, de gerações, ou seja é cultural, não é mesmo? E a alimentação da criança também é cultural. Ela vem de pessoas de gerações passadas que foram ensinando aos filhos como se alimentar e assim por diante… até… chegar em nós!

Falei isso tudo para dizer que nós somos os responsáveis diretos pelo futuro alimentar dos nossos filhos. E se nós queremos que nosso filhos tornem-se  adultos saudáveis, somos nós que devemos ensinar a eles, ainda quando crianças, como fazer isso acontecer.

E como eu estava falando, o meu processo de emagrecimento e desejo de ser saudável começou no exato momento que me dei conta disso, aos 33 anos, junto com o desejo de ser mãe.

Vamos pensar juntos sobre os nossos desejos como mãe ou futura mãe:

“Eu quero que meu filho coma  legumes e verduras no almoço e jantar”

“Eu quero que meu filho ame frutas coloridas.”

“Eu quero que meu filho pratique atividades físicas”

“Eu quero que meu filho seja saudável e feliz”

“Eu quero que meu filho não coma bobagens na escola”

Eu quero que meu filho cresça forte e com autoestima”

Maaaaasss….

“Eu não quero fazer nada disso”

Então me digam. Como podemos querer tantas coisas boas para os nossos  filhos se não damos o exemplo  a ele? Se não lhes mostramos como fazer?

Foi aí que parei e decidi: eu quero ser saudável porque quero ter  uma família saudável!

Feature_0812_FamilyInKitchen

Então eu tinha que começar por mim mesma. E mudar o meu padrão alimentar. 

Eu cresci em uma família italiana linda que adora comer! Qualquer motivo de encontro tem que haver comida! E farta! E boa! E geralmente gorda! hahaha Quem aí se identifica?  

Foi essa cultura vinda de gerações passadas que me formou assim. E se eu quisesse tentar formar uma nova geração,  eu precisaria mudar. E foi com essa vontade e amor por filhos que eu nem sequer tinha ainda, que eu consegui formar um novo padrão alimentar na minha casa. Hoje eu e meu marido estamos prontos para termos uma família saudável. 🙂 Até me emociono e  choro quando penso nisso tudo. 

O que quero mostrar através da minha história, é que o padrão alimentar  pode ser quebrado. Podemos dar início a um novo de estilo de vida: mais saudável. Mas com certeza isso não é fácil. É preciso querer e se dedicar muito, assim como tudo na vida. 

Tenho certeza que vocês amam seus filhos e querem o melhor para eles. E sei também que às vezes, mesmo tendo consciência do que é bom ou ruim, saudável ou não, não conseguem inserir novos hábitos na família, não é?

A partir de hoje, esse cantinho Kids do Blog da Mimis, vai ser recheado de dicas para melhorar a vida das nossas crianças! Quero a ajuda de vocês! Com dicas e ideias de posts para o blog. Afinal, tem muitas mamães experientes aí para nos ensinar coisas boas. 🙂

Ensine aos seus filhos a importância da boa alimentação. O futuro deles depende de você.

crianças alimentação blog da mimis dicas

No próximo post vou falar sobre dicas para uma alimentação saudável na infância. Cadastre seu email aqui no blog (coluna lateral) para receber os posts em primeira mão. Quem tiver ideias de posts, deixe aqui nos comentários. 

Ahh! E para quem ficou curioso por aí! A Mimis mamãe já tem planos futuros e tá louca para encher a casa de alegria! 🙂

Para tirar suas dúvidas sobre o meu processo de emagrecimento e vida saudável, clique AQUI.

Siga o Blog da Mimis no FACEBOOK e INSTAGRAM @blogdamimis e assine o meu canal no YOUTUBE para receber os vídeos em primeira mão.

Cadastre seu email aqui no blog (coluna lateral) para receber os posts em primeira mão. 

Fotos: autores desconhecidos. 

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

81 Comentários Mostrar comentários

  1. Sempre busquei me alimentar o mais naturalmente possível, porém confesso que de vez em quando cometo alguns deslizes, principalmente com a cerveja. Agora que minha filhinha acabou de nascer, vou me dedicar para ter uma alimentação 100% natural e entrar em forma, pois quero sempre estar bem para cuidar dela, além de estimular a alimentação saudável para ela desde o início

  2. Sempre busquei me alimentar o mais naturalmente possível, porém confesso que de vez em quando cometo alguns deslizes, principalmente com a cerveja. Agora que minha filhinha acabou de nascer, vou me dedicar para ter uma alimentação 100% natural e entrar em forma, pois quero sempre estar bem para cuidar dela, além de estimular a alimentação saudável para ela desde o início

  3. Olá boa tarde…..meu nome é Andresa tenho 35 anos e uma bebê de 10 meses a Yasmin….estou mundando os padrões de alimentação justamente pq penso igual vc…..quero que minha filha cresça saudavél, porém existe uma coisa que nem sempre levamos em consideração: a dificuldade de alimentar uma criança nessa fase de dentição.
    Gostaria de saber se tem mamães no blog que passaram ou passam pela mesma dificuldade e como conseguiram superar.

    Bjo e um abraço a todos…

    Parabéns pelo seu trabalho

  4. hehehhe… gostei do post e concordo com tudo!!! Lembro que quando eu tinha apenas 10 anos de idade minha mãe ja me dizia: “Quero ter netos saudáveis!!!”. Ela falava isso p q sempre se preocupou muito com a nossa alimentação, ela enfrentou o desagrado de muitos parentes pq se mantinha firme quanto ao que deveriamos ou não comer! Algumas pessoas tenho certeza que faziam suas apostas de que quando cresce-semos nós deixariamos de fazer tudo certinho… pois não é que elas erraram feio…rs… hoje eu e meus irmãos somos vegetarianos… meus filhinhos tbem são… eu sou culinarista e divulgo a alimentação saudável! O que eu ganho com isso? Tenho um paladar super refinado… filhotes que amam comida saudável e tem uma super saúde… isso sem falar que são super inteligentes e conseguem ter uma espiritualidade mais racional! Em fim Deus nos fez perfeitos e Ele nos deu uma natureza formidável que nos dá todo alimento necessário para nos mantermos saudáveis!!! Vale apena quebrar o ciclo de comilanças e viver uma vidinha mais light!!!

  5. Olá, Mimis… Conheci seu Blog através de uma prima e estou encantada!!! Este Post é o que aconteceu comigo… Há dois anos pesava 90 kg e não tinha como engravidar… Coloquei minha alimentação em ordem e com exercícios físicos emagreci 20 kg… Com isso, engravidei o ano passado e hoje meu Príncipe está com três meses… Na gravidez me esforcei ao máximo para não engordar tudo novamente, e agora amamentando falta pouco para voltar ao meu peso. Realmente eu quero que meu filho siga saudável e a minha família também… Gostei muito do seu Blog! Parabéns!

  6. Oi Mimis!
    Não tinha percebido que tens um espaço para as crianças aqui no blog! Muito firme!
    Minha filha só tem um ano e cuido com todo carinho da alimentação dela. Quando ela começou a comer sólidos, cada dia entroduzia um vegetal por dia, só o vegetal e mais nada, para ela ir sentindo o gostinho de cada legume, hoje, ela come de tudo, não rejeita um legume. Doces nem pensar, apenas frutas para adoçar a boquinha dela, rs! Também tento dar o máximo possivél de comida organica, mas isso pra mim não é uma religião.
    Sempre tive muito cuidado com a minha alimentação, e quero passar o meu estilo de vida pra ela.
    Obrigada pelo carinho com os seus seguidores!

  7. Sempre gostei de me alimentar bem, mas também me permitia comer muitas besteiras. Há 2 meses aderi a alimentação 100% saudável. Sempre tentei fazer com que minha filha se alimentasse bem, ela adora frutas. Mas tenho que melhorar ainda mais a alimentação dela. E certamente seu post irá me ajudar!!! Parabéns pelo Blog, segui sua dieta e perdi os últimos 3 quilos que faltavam perder da minha segunda gravidez, mais ainda quero perder mais 3.

  8. Michelle adorei este site,e preciso muito de sua ajuda e da ajuda do pessoal aqui, meu marido quer emagrecer e não consegue, mas ele é grande então não tenho o que fazer se a vontade não dor dele, temos uma minha de 8 anos e ela esta um pouco “gordinha”, por favor me ajuda, pra criança acho que a “dieta” é um pouco diferente, então se puder postar sobre dieta para criança, ficamos agradecidas também, bjs e parabéns.

  9. Mimis,

    há algum tempo escolhi viver bem, escolhi ter uma alimentação saudavel, deixar o sedentarismo de lado, entre outras coisas.
    Adoro ler suas coisas e suas dicas.
    Gostaria que quando vc engrevidar, passar dicas da sua vida, como alimentação e ate serie de exercicos para que possamos manter da mesma maneira. =D

    beijos

  10. Legal as dicas. Eu até como bem, parei de tomar refrigerantes, balas e uma série de coisas antes de ter filhos… o problema sempre foi comer muito e não praticar exercícios. Agora nesta nova fase espero que consiga e fico bonita antes que os filhos descubram que sou feia, pois com 3 e 4 anos eles me acham linda ainda…hehehhe

  11. Olá, Michelle

    Sou médico e estou começando um projeto, junto com um amigo, sobre emagrecimento e manutenção de forma natural, e achei seu blog no Google. Estava dando uma olhada e especialmente esse texto me chamou a atenção. Justamente porque, assim como você, fui criado numa família que digamos, não primava pelos bons hábitos alimentares, e por conta disso, fiquei bastante tempo acima do peso. E como teria sido bom se meus pais tivessem essa consciência. Me pouparia muito do esforço que precisei para emagrecer.

    Pensando nisso, publicamos um texto sobre esse mesmo assunto, que talvez possa adicionar à discussão e ajudar muita gente. É o que pretendo fazer com meus futuros filhos, quando nascerem.

    Segue o link: http://comeceaemagrecer.com.br/filhos-comida-saudavel/

    E parabéns pelo blog, é leitura obrigatória minha.

  12. Mimis um exemplo bom de salgadinho saudavel para festas infantis,é fazer quibe assado,pode modelar pequeno mesmo,do tamanho de salgadinho de festa,poe um pedacinho de queijo fresco ou prato como recheio e em vez de fritar coloca no forno até estarem douradinhos. Outra forma é picar um queijo fresco ou versão saudavel em cubos e colocar no palito junto com um tomatinho cereja e uma folhinha de manjericão,fica ótimo e é nutritivo.

  13. Nathália @nathaliallmeida em

    Adorei a coluna, apesar de não ter filhos. Como sugestão: Fale sobre aquele documentário “Muito Além do Peso”? É incrivel, né?
    Bjs

  14. Michelle Santos Meira em

    OLÁ MIMIS GOSTO MUITO DE TUDO QUE VC POSTA …
    SEMPRE TENHO DUVIDAS DE COMO ALIMENTAR MEU FILHO BEM PORQUE ELE TEM SÍNDROME DO INTESTINO IRRITÁVEL .. ENTÃO COISAS INTEGRAIS SOLTA MAIS O INTESTINO DELE MAIS EU COMO GORDINHA TENHO QUE DAR PREFERENCIA A INTEGRAL COMO FAZER FICO PERDIDA SERÁ QUE VC TEM UMA DICA …BJS…

  15. Olá…adorei essa ideia Kids…tenho um bebe de 9 meses que é a luz da minha vida. Ele faz natação desde os 6 meses e cuido da alimentação dele direitinho, faço papinhas todos os dias para que fiquem fresquinhas, sucos de frutas diversos, frutas raspadas, no leite nada de achocolatados ou produtos com corantes. Quero que ele cresça e goste de ser saudável.

    beijos a todas

  16. Pingback: Em forma no vestido - Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

  17. Aline de Souza Luiz em

    Olá Mimis,

    Tenho um filho de 4 anos e é ele que me deu forças para iniciar uma reeducação alimentar, pois ele adora legumes, verduras e frutas, Esses tempos eu estava comendo uma barra de chocolate e ofereci para ele, e ele negou falou que queria iogurte com Granola kkkkk posso com isso!!!
    Ele fala para eu não comer muito açucar pois faz mal a saude..kk
    Eu digo que ele é da Geração Saude kkkk

    Estou aguardando novas dicas para os pequenos pois tenho certeza que ele irá adorar

  18. Olá Mimis!!
    Eu fiz o hamburguer em casa, usei a mais a amaranto, um alho picado. Fico maravilhoso!! Eu, meu filho e meu marido, comemos um sanduíche muito saboroso!
    Valeu a dica!!! As quais eu presto muita atenção!!!
    Bjs

  19. Joisse Lara Pinto em

    que idéia maravilhosa Mimi,tenho uma filha de 6 anos e tb estou na onda da RA,mas é dificil as vezes incentivar a minha filha e tb tenho pena dela e acabo librando algumas guloseimas,com certeza vou aproveitar as suas dicas pra melhorar a alimentação da minha filha assim como me ensinou a melhorar a minha…ansiosa aguardando as novas dicas…

  20. Tenho 2 pequenos e mudei meu estilo de vida depois de engordar 27 kilos na segunda gravidez. Em casa, eu controlo a alimentação até por que evito ao máximo o consumo de glúten e lactose para o menino. Não tenho hábito de comer fora, não compro doces, mesmo aqui o chocolate custando nada, praticamos esporte diariamente. O maior problema é realmente na rua, na escola, nos parques, onde tem criança.

    Mas ensinar hábitos saudáveis nem sempre é tão fácil, minha menina me enche a cabeça por que comer no “medonal” e esses dias, tive reclamaçãoq ue meu menino atacou a lancheira de outra criança. Achei mega estranho por que eles vivem com marmita na bolsa e perguntei o que ele tinah procurado. Ah! Muito fácil trocar pimentão, pepino e pão preto com manteiga de amendoim por sanduiche de Kinder ovo( é uma barra, como um sanduiche mesmo do Kinder ovo)

    Desanimador!!!!

  21. Mimis, falou tudo!!!
    Desde que iniciei minha RA tudo mudou aqui em casa…posso dizer que fiquei muito mais feliz por ver minha filha que já sofria preconceito com 11 anos eliminar 12 quilos, do que os meus 30 quilos !!!
    Você será uma mãe linda e maravilhosa…parabéns pelo sucesso….te adoro!!!

  22. Agora isso aqui tá perfeito!
    E você Michele que quer uma pequena, linda, gostosa, cheirosa, maravilhosa e perfeita atribulação na sua vida: PARABÉNS!
    Eles nos tomam um tempo enorme, temos que ter ainda mais organização para dar conta de tudo, mas a recompensa é incrível!

    Presentes d’Ele, meus dois pequenos são uns exemplos na mesa, comem de tudo que é saudável, de todas as cores e sabores. E eu não preciso enfeitar a comida ou inventar histórias.

  23. Olá!
    Tenho um filho de 5 anos, que tem uma ótima alimentação! Eu luto contra a balança e não quero isso para ele!
    Ele começou a comer doces, depois que começou a frequentar festas e ter independência para ir e vir á mesa, mas eu nunca fui atrás dele para acabar de comer um brigadeiro por exemplo; não o proibia, mas também não o incentivava!
    Tomou mamadeira até os 4 anos e meio, mas somente com leite e mais nada. Até hoje os sucos são sem açúcar. Em casa não temos nada de “porcarias”, como bolacha recheada, balas, refrigerantes… Mas quando alguém oferece, ou estamos em uma festa tudo é liberado e mesmo assim ele não sai comendo compulsivamente! Ele mesmo pede suco e muita água em festas!
    Há quem diga: Ai! Tadinho!!
    Mas ver meu filho com uma saúde perfeita, com desenvolvimento ideal e feliz, nos faz ter certeza que estamos certos!
    O tadinho seria se estivesse obeso, doente, sendo motivo de chacota!! Na escola, os pais de crianças acima do peso foram chamados para orientação com nutricionista. Meu filho começou a ir ao nutricionista quando começamos a introduzir alimentação, desde bebê. E funcionou muito bem! Claro que faço bolo de chocolate, arroz doce, brigadeiro, mas faço com cacau e menos açúcar! É possível ser feliz de forma saudável!! Agora sigo suas dicas, para fazer comidinhas diferentes, como panquecas, hamburguer…
    Abraços

  24. Nádia Regina Ramos em

    Olá Mimis; Muito interessante esse seu Post, vou compartilhar minha histórias com meus bebês, tenho dois filhos Isabella de 3 Anos e Vinícius de 6, Confesso que eu ERA uma dessas de viver de dietas mas a pouco menos de um ano parei com isso e decidi cuidar mais da minha alimentação, hoje não sou super natureba mas faço escolhas inteligentes e faço exercícios, porém em relação aos meus filhos fui negligente e hoje meu filho tem dificuldade em comer ” não gosta de nada só besteiras” e minha filha recentemente passou por uma nutricionista na escolinha e está já com sobrepeso… Antes eu trabalhava fora meu marido também, nossa vida era louca, agora estou trabalhando com meu marido e tudo ta mais tranquilo ( Quem é mãe sabe que ser dona de casa mãe e profissional dá trabalho rsrs) Enfim comecei fazer com eles o mesmo que empenhei em mim “FAZER ESCOLHAS INTELIGENTES” Exemplo: Pipoca de microondas era certo todos os dias eles iam pra frente da tv e minha filha ja falava, PIPOCA MÃE, então decidi mudar isso comecei a testar várias frutas e descobri acreditem que ela ama várias frutas então toda vez que ela pede pipoca eu dou Cachinhos de Uva em um potinho pra ela e ela vai comer toda feliz e esquece da pipoca e assim estou aos poucos deixando de dar as guloseimas e dando coisas saudáveis de forma mais criativa. Fica A Dica eu acredito que o trabalho que vou ter hoje sera compensado amanhã com meus filhos mais saudáveis!!!

  25. Mimis! Amei que vc vai falar sobre crianças. Tenho 23 anos e só mudei minha alimentação há 1 ano, então fico doida arrumando coisas saudáveis pra mim e pro marido. Morro de vontade de ter filhos e a primeira coisa que me vem a cabeça é como vou dar conta de tudo? Principalmente da alimentação dele(s)? rsrsrs Vou ler tudinho!!!! Te adoro! Vc é demais! (e conte pra gente como vai sendo sua alimentação durante a gravidez, hein?) bjus

  26. Olá, pessoal, sou nova por aqui. Vi a Mimis no Programa da Eliana e entrei aqui pra conhecer; e que legal, gente!!! realmente como tdos dizem, muito bom!
    mas pensando bem, lendo tudo, tava analisando… pq essa nossa relação tão complicada com vida saudável?! não entendo! é como se isso não fosse o natural! tratamos a alimentação saudável e a atividade física como se fosse de outro mundo, como se não fosse o comum, e não é, pra maioria. mas pera aí, Deus não criou os salgadinhos, a fritura, a gordura, o açucares em excesso, tudo foi criado pra nos alimentar, normal! a proteina, as vitaminas, até os carboidratos foram criados para nos manter vivos, de pé. pq nós não tratamos as verduras, principalmente as frutas que são lindas, maravilhosas, gostosas, SIIIIIM, de forma natural?! não posso achar que é pq todo mundo acha o gosto ruim, tem poucas coisas da natureza com gosto ruim, tipo jiló, mas mesmo assim tem gente que come. Sabe, gente!!! acho que o lance mesmo é a PREGUIÇA, talvez seja, isso, não é pq o alimento saudável é ruim, talvez é pq saia mais caro??? mais trabalhoso??? enfim… comprar uma coxinha é mais fácil?! será que é mais barata do que 2, 3 maçãs, pq sei que 1 maçã só não é comparável a 1 coxinha em termos de encher o estômago. mas enfim, pessoal, o que quero mesmo é tocar no ponto, até pra ajudar a Daniela, PQ É TÃO DIFÍCIL levar uma vida saudável???? gente, quer coisa mais doce que banana, manga, melancia, abóbora, mandioca, arroz, feijão, tudo bem feitinho??!!! e bem vindo tbm as pizzas, salgados, sorvetes, afinal, alguém inventou isso com os ingredientes que Deus nos deu e ficou gostooooso. é só uma questão de quantidade, não é?! se comer pouquinho, poucas vezes no mês só pra saborear e não ficar de fora dessas “maravilhas”, pode, não pode?! e as atividades físicas, tem coisas mais goooostosa que dançar, andar de bicicleta, jogar volei, nadar, GEEEENTE, é tudo maravilhoso, acho que só não fazemos isso tudo por pura PREGUIÇA, será?! será que é essa a grande questão, a origem de tudo?! de todo esses problemas de saúde que nossa sociedade sedentária e de fast food gerou?! se for, então, o problema é psiquico. e precisamos de dicas pra saí desse estado de inércia, e aí que o bicho pega, como fazer pra não ter preguiça? tem dica prática? algum especialista aí nos ajude por favor… como fazemos pra não termos preguiça de lavar e descascar uma laranja, até uma banana, de saí de bicicleta, de ir nadar, e até dançar dentro de casa mesmo. existe solução, minha gente?!
    MIMIS, vc teve isso?! como era sua vida antes, pq engordou?! pq não comia coisa saudável e não fazia exercício físico??? vamos lá pessoal, tbm preciso de ajuda pra perder essa preguiça. Tem um terço da libertação que eu rezo, que dá muuuito certo, mas é só eu bobear e parar que volta de novo. Gente, meu sonho! tudo que mais quero é nunca mais sentir preguiça de fazer qq coisa! bjos em todos e espero sinceramente que apareça aqui alguma ideia iluminada por Deus que a gente possa usar e dê resultado.

  27. PAULIANE A. COSTA em

    Olá Mimis, bom dia!
    Acho que encontrei o apoio que precisava aqui… luto com a balança desde os 17 anos e já estou com 35 anos, e cada vez estou maior…. hoje estou com 91kg e não consigo sair desse impasse que me destrói a cada vez que me olho no espelho e vejo um corpo que nao me pertence…. e quero mudar e preciso mudar…. eu me acostumei a ser gorda, brinco com isso para que meu sofrimento seja menor… graças a Deus meu marido que é um companheiro maravilhoso me apoia em tudo e sempre diz que tenho que ter uam vida saudável…mas não sei o que acontece que não consigo, mas se Deus quiser e com a ajuda do blog eu quero e vou cosneguir, Achei o maximo essa parte do blog dedicada as crianças pois tenho uma linda menina de 05 anos e que tb já adquiriu hábitos alimentares não tão saudáveis quanto gostaria que tivesse… e eu como mãe tenho a obrigação de mudar isso, pois não quero que ela sofra os efeitos de uma vida alimentar desrregrada… eu amo minha família e quero melhor pra ela… mas eu preciso me amar primeiro e mudar em mim primeiro…me ajude por favor… OBRIGADA!

  28. Amei… muito obrigado por essa ideia.. assim fica mais fácil conseguir a minha reeducação em casa… gostaria de pedir sugestões de lanches pra qdo vou buscar as crianças na escola… ela sempre querem um lanche e acabo passando na padaria e comprando gordices um terrivel erro que quero de verdade mudar… socorrrrooo

  29. Mimis, o meu “start” para mudança dos hábitos foi justamente a lancheira do meu filho… um certo dia, montando-a, percebi o quanto estava sem querer causando um mal à ele…. Nela continha (como todos os dias) salgadinho industrializado e refrigerante. Parei pra pensar… “meu Deus… o que estou fazendo? qual o futuro do meu filho?”. Resumindo, desde então as coisas mudaram pra nós dois, pois eu (quando comecei) estava com 30kg acima do peso ideal… já se foram alguns, mas ainda falta muita coisa… Meu filho não tem problemas com peso (graças à Deus me toquei a tempo de impedir que isso acontecesse), mas não tinha bons hábitos! Agora nós dois (moramos só nós) praticamos exercícios e temos uma alimentação mais equilibrada… ele não tem problemas com frutas, verduras e legumes (sempre comeu isso bem), mas a minha grande dificuldade com ele ainda são os lanches, as pequenas refeições… ele não gosta de comida mole, com molho, “melecada”… rs… o negócio dele é coisa consistente!!! Fiquei tão feliz quando vi esse post…. vou aguardar ansiosa pelas receitinhas! Hoje mesmo a escola vai fazer um picnic (semana da criança) e ele terá que levar um prato de salgado… vim correndo procurar uma receitinha!!! rs… beijos no seu coração! Você nos inspira e que venha o baby mimis!!!!!!!!!!

  30. Quase cai dura numa reunião da escola de minha filha, na epoca com 2 anos, qdo estavamos falando e sendo incentivados pela professora sobre levar lanches c/ frutas, etc evitar salgadinhos e tal.
    Uma mãe disse assim: “mas que coisa dificil, o que fazer se eles não gostam de comer frutas?”
    GENTE! Uma criança de dois anos tem noção das escolhas do que deve levar à boca??? Ainda está em fase de aprendizado e esse começa em casa!!! Se uma mãe fala uma coisa dessas, me desculpem, mas o que será dessa criança em vários aspectos de sua vida.
    Tenho duas meninas saudáveis: a mais velha de 11 come de tudo e a menor de 7 já tem o paladar mais seletivo (sim, isso existe, não é frescura…) – vivemos aqui em casa AINDA em constantes ensinamentos para ela saber o que escolher de melhor para sua saúde – e não vamos desistir poisnão será por falta de informação e incentivo, quando adulta, que deixará de saber e fazer opções saudáveis para uma vida melhor. INSISTAM! É a saúde dos filhos em jogo diariamente frente a tantas opções de péssima qualidade.

  31. Discordo da opinião acima. Vivemos numa região de descendentes italianos e a mesa desde o café da manhã até o jantar é recheada de coisas gordas sim: polenta, cuca, pão caseiro, massa, carnes gordas, umas misturas … enfim, sempre, com pouca salada ou variedades. Isso é cultural, desde a época das guerras e crises daquela região…. Na Italia não sei não se é muito diferente dependendo da região do interior.

    • Verônica, mas eu não estou falando dos descendentes brasileiros. Essa é a experiência que tenho com amigos italianos onde moro(Londres) e observei as vezes que fui na Itália, sendo que algumas vezes me hospedei na casa de italianos. Mas entendo o que a Mimis quis dizer. O italiano faz tudo em torno da mesa e da cozinha, a refeição é a parte mais importante do dia e pode ser complicado ter uma vida saudável quando tudo gira em torno da comida 🙂

  32. Parabens pelo seu novo projeto. Sou mae de 4 filhos tenho 40 anos e ha alguns meses venho te acompanhando. Sempre achei que reedeucacao alimentar comeca cedo, ou seja vem dos pais, esta comprovado que nossos filhos automaticamente fazem e comem o que nos comemos. Sou nutricionista por formacao, mas nao atuo mais desde que a primeira nasceu e em seguida os outros, optei por ser mae ! Com muito orgulho minhas compras de hortifruti sao maiores que a do mercado. E o mais legal que eles sabem que batata frita é gostoso,chocolate também, porem só no final de semana, diariamente, é queijo branco,pao integral,arroz,feijao,legumes e verduras, uma carne sempre grelhada e no minimo 5 refeicoes. Beijos …

  33. Eu só quero continuar o exemplo que tive. Meus pais sempre comeram super bem e minha mae conta que quando não tinha salada de tomate eu reclamava, isso com 2 anos. Vejo bem como o exemplo faz a diferença nas pequenas coisas. Lá em casa o maridão, que não teve o mesmo exemplo que eu, “precisa”de um doce diariamente, adora um refrigerante, e ama um molho gordo em tudo, etc. e eu fico na luta para reverter isso, mas para mim sempre fez parte da vida não comer porcaria diariamente, então fico sem numa boa. Eu sempre brinco também que meu pai toma água de balde, e eu herdei essa mania. Mas Mimis, eu acho que as famílias italo-brasileiras avacalharam a comilança um pouco, hahaha. Os italianos não comem tanto quanto a gente pensa, são vários pratos em porções bem pequenas, e eles simplesmente odeiam beliscar entre as refeições. É tudo milimetricamente pensado, qual prato vem antes, qual vem depois e o que é melhor para a digestão, etc. Pelo menos é essa minha experiência nas vezes que me hospedei na casa de amigos italianos onde moro ou na Itália, e no convívio com eles também. Tanto que eu conheço poucos italianos gordos. Quem come essas coisas beeeem gordas e em quantidades absurdas são os alemães. E tudo acompanhado de uma cerveja de 1 litro,rs. bjs

    • Michelle Franzoni em

      que lindo seu exemplo!
      hahaha avacalharam foi otima! tmb acho! rsss Mas não quis culpar os italianos, mas sim a o prazer da “boa mesa” 🙂 os alemães adoram uma gorduinha né? rsss

  34. Oi Mimis, eu tenho uma super dica para as mamães!!! Sabe aquela criança que está sempre com o intestino preso, então, a dica é substituir o leite pelo leite de aveia, ou de oleaginosas, amêndoas e castanhas. Uma vez uma amiga disse que o filho dela estava preso , perguntei o que ele comia… Ela me disse: gelatina de sobremesa, leitinho com mucilon, NÃO comia feijão, depois de ter dado o leite de aveia em uma das mamadeiras do bebê, ele ficou bem melhor, e muito mais saudável. Bjs.

  35. Mimis, educar as crianças para que cresçam sabendo como se alimentar bem é essencial!

    Mas o que queria mesmo dizer era para você postar os seus alongamentos. Alongar é uma parte muito importante da atividade física.

    E mais dicas de aperitivos, para adultos e crianças.

    Beijos! Adoro acompanhar o site.

  36. Mimis, shá três anos tive trigêmeos, e com base nisto digo que educação alimentar vem antes do berço, vem da gestação. Todas as mães deveriam ter consciência disto e se cuidar desde a gestação, meus filhos são exemplos disto. desde o momento que fiquei grávida tive que repensar muitas coisas na minha vida. E apesar de sempre ter sido saudável nas minhas escolhas alimentares, eu tive que fazer um acompanhamento nutricional porque o risco da gestaçao era alto para os bebês (nascerem muito prematuros e com baixo peso) e alto para mim tbm(que poderia desenvolver diabetes e pressão alta, que aumentaria risco de eclampse). Não como carne vermelha há 20 anos, mas durante a gestação até figado batido no feijão eu comia, comi até pedra se a nutricionista mandasse, e assim tive as melhores taxas de glicose e colesterol que já tive. Sucesso total pois nasceram com mais de 2 quilos cada e sem nenhum problema de saúde apesar da prematuridade. E o mais legal de tudo foi que até hoje eles comem de TUDO, não tenho problemas com alimentação, sao inteligentes e saudáveis. Portanto apoio seu empenho em ter uma saúde melhor com alimentação saudável para toda família, somos exemplos em tudo para nossos filhos a contar da gestação. Tri-beijinhos e adoro seguir seu blog.

  37. Juliana Cerqueira em

    Mimiiiiiiiiiis! Que ideia maravilhosa! Nossa!!!! Tô te admirando cada vez mais! Você não tem noção do quanto você nos ajuda! Muiiiito obrigada por tudo!!!! O seu blog é parada obrigatória todos os dias, tô sempre aprendendo com você e compartilhando a suas dicas aqui em casa! Um Abraçãozãozãozão apertado de pura gratidão!

  38. oi Mimis, eu tenho uma filha de 3 anos e sempre me esforcei pra que ela tivesse uma alimentação saudável, amamentei por 1 ano e 2 meses, sempre ofereci grande variedade de legumes, frutas e verduras e tentei ao maximo evitar o temido açúcar! até hj ela toma leite puro, mas existem vilões chamados avós e tios q adoram das doces pros filhos da gente! e essa é uma situação difícil de lidar! refrigerante e batata frita tb são grandes obstaculos! mesmo q não tenha em casa, se vc vai a lugar q tenha e a criança quer, o que fazer? como deixar uma criança passar vontade?

  39. Mimis sua linda, comecei acompanhar o blog ontem, e hoje vc vem com uma surpresa dessas?? Adorei!!! tenho um bebe de um ano e ele come frutas, verduras, carne… super bem.
    Dicas são super bem vindas!!! 🙂

    Beijos!!

  40. Oi Mimis, muito legal esse texto, porém o problema é quando eles entram na escola, infelizmente a escola não tem uma visão saudável. O meu filho tem 2 anos e eu proibi a escola de dar para ele, qualquer tipo de doce industrializado, onde já se viu que goiabada, doce de leite são alimentos para uma criança de 2 anos. Pedi que eles substituissem o doce por uma banana, que aliás ele adora, então 3x na semana ele come banana na escola. Mas não para por ai, pois quando tem comemoração na escola, enchem de salgadinhos, pirulitos, etc. E a criança não tem a percepção disso, mas educando em casa estou conseguindo que ele saiba o que não faz bem, por exemplo, ele vê as outras crianças, e até oferecem para ele, mas ele diz: _ Não obigado!
    Mas a dica é ter opções para eles, para não ficar sempre na mesma, por exemplo iogurte natural ou com mel (não a danoninho), suco de frutas, castanhas, bolacha sem recheio, como água e sal, rosquinha, frutas variadas, então tem dia que ele toma vitamina no café da manhã, ou leite com iogurte e mel, no lanche rápido, come bolacha com queijo branco, suco de frutas, e assim todos nós vivemos em harmonia. E chocolate, isso ele adora, mas só 70% de cacau. E doce, nada melhor que ricota batida com morango e mel e iogurte, fica cremoso e uma delícia. Atividade física: natação e ele volta a pé da escola, anda aproximadamente 4 quadras de subida e descida, sem colo, sempre com uma garrafinha de água, e depois a tarde ele dorme cerca de 3 horas a tarde e dorme 9 a noite. Ele é bem saudável e o pediatra adora isso!!!

    • Michelle Franzoni em

      oi linda! é isso ai! o convivio social vai atrapalhar um pouco e precisamos de atencao redobrada. tudo o que pudemos fazer para a alegria deles é bem vindo né! amei! beijos!

  41. Otimooo
    Parabéns pela iniciativa
    Tenho uma bonequinha de 4 meses sempre tento mostra frutas pra ela kkkkk
    Que tal começar pelo começo falando da amamentação e introdução do alimentos?!!!
    Beijos

  42. Eu adoro teu blog… tenho dois meninos e a nossa alimentação em casa e na casa das avós, mesmo sendo de origem italiana é mt saudável… minha mãe sempre me ensinou e incentivou a comer legumes, verduras, frutas e tento fazer isso com meus filhos… mas confesso que não é tão fácil… lembro tmb que passei a gostar de determinado alimentos conforme ia crescendo e outros já adulta… então não fico tão atucanada quando meus filhos rejeitam beterraba, berinjela, abobrinha… faço mt sopa de legumes (moro no RS)… faço lentilha com cenoura picadinha, com batata picadinha, faço arroz colorido e por ai vai… aos poucos sei que eles vão aprender a gostar tanto quanto eu e meu marido… e claro que as vezes temos batatinha frita, pastel… mas tmb temos mais vezes alimentos grelhados e assados do que fritos e isso faz bastante diferença…

    Você poderia nos ajudar com receitas divertidas… mesmo sabendo que muitas mães trabalham e não tem tempo disponível pra fazer tantas coisas na cozinha… mas dicas são sempre legais e preciosas…

    Bjokas…

  43. Ai meninas…eu fico lendo o blog, lendo os comentários, e apesar de achar tudo incrível, me sinto tão impotente diante do meu dia a dia tão atribulado. Sou decoradora de eventos e meu marido está desempregado “por enquanto” e sinto que é tão distante de mim essa realidade saudável….Temos uma filha de 9 anos, linda e feliz. Mas graças a mim, ela é viciada em chocolate e apesar de até comer alguns legumes e verduras (quando eu consigo tempo pra fazer né), ela está acima do peso, assim como eu. Eu sempre fiz ginástica, era atleta no colégio (era O CORPO do bairro), mas há 15 anos não faço nenhuma atividade física e sinto que não tenho forças pra começar…estou me sentindo deprimida com a minha incapacidade de cuidar da saúde da minha família. Trabalho em casa, e não tenho assistentes no dia a dia. Trabalho mais de 14h por dia, me encho de doces pra ficar “ligada” e sinto que não consigo mais dar conta de tudo. O meu trabalho é lindo de viver, mas ainda não podemos sobreviver dele…Perdoa o desabafo meninas, perdoa Mimis, mas eu queria falar, chorar, sei lá, acho que quero ser cuidada, quero que cuidem de mimmmmmmmm…tô com medo, medo de infartar com tanto cansaço e sedentarismo, medo de levar minha filha pro mesmo caminho, medo de fracassar, medo de me olhar no espelho, enfim, tô com medo, é isso. Perdoa de novo…Beijo grande e que Deus abençõe todas nós!!! <3

    • Nossa Daniela… que situação!! em certa parte te entendo, trabalho em uma academia e esses dias começou uma moça de 27 anos que tinha sofrido um infarto por stress. o medico mandou ela fazer atividade fisica, acho que mais pela depressão que ela estava do que pra perder peso. entendo o teu medo e tua preocupação. tenho um bebe de um ano e morro de medo de tudo. de como educa-lo, de ensinar ele comer errado, enfim medo de tudo(como vc ja disse).
      se me permite, quero te dar um conselho: tente fazer 30 min de caminhada, pedalada, natação… qualquer atividade fisica todo dia, todo dia porque? no meu caso, eu não consigo fazer 3, 4 vezes por semana porque me desanimo. tem que ser todos os dias que tenho aquele compromisso de meia hora pra mim. depois que comecei me senti muito mais animada, muito mais determinada e feliz. aquele cansaço que tinha antes, não tenho mais. e pode acreditar quando vc melhora a tua relação com teu corpo, com tua mente, com vc, tudo melhora!! pode acreditar!! Que Deus te ilumine e abençoe muito! e animo…vamo que vamo!! 🙂 Beijos!

      • Ai Tati, sabe que é disso que tenho medo, mas como diz uma amiga minha, “como pode eu, que cuido de todo mundo, não ter 1h por dia pra cuidar de mim?” Vc tem razão….amanhã vou marcar um médico pra fazer um chek-up e vou voltar a caminhar pelo menos 30m por dia.Fiz uma loucura e comprei 2 dias num hotel fazenda pra eu descansar e repensar isso tudo, acho que vai ser perfeito! Pode deixar que eu mando notícias tá? Se quiser continuar conversando, meu face é Dani Giácomo. Bjo grande e obrigada pelo carinho!!!

    • Daniela! Tudo muda em nossa vida! Essa fase que vc está passando vai mudar tbm! Já ouviu aquela frase, não há mal que não se acabe e bem que sempre dure? Pois bem, vivemos em oscilações contantes! E daqui a pouco tudo muda. Já experimentou dar o primeiro passo? Te garanto, tudo vai melhorar… Comece devagar, mas vá em frente!! Sua vida muda para melhor e não tem jeito! 🙂 Confie nisso! E vamos em frente rumo a obter o equilíbrio!!! 🙂

      • Amém Elis…eu creio que vá passar, mas vou te dizer uma coisa, nunca pensei que fosse tão difícil, não faço idéia de por onde começar. Hoje mesmo comi um monte de doces e agora tô aqui arrasada. São 03:37h da manhã e eu não consigo dormir.

        Vou tirar 2 dias de folga essa semana e tentar desligar um pouco disso tudo pra repensar minha vida e minha rotina. Torce por mim aí miga!!! Bjo grande e obrigada pelo carinho!!!

    • Não foi para mim que você perguntou, mas…
      Você precisa de ajuda! Sério mesmo… Eu imagino como o seu dia é uma loucura, mas você precisa MESMO de ajuda.
      Eu deixo muitas coisas prontas e organizadas durante o final de semana, para ter a alimentação mais saudável possível, e num fds desses comecei atrasada e as crianças estavam sem banho. Meu marido me chamou para dar banho nelas, falei para ele se virar sozinho (como eu sempre faço e consigo!), e não é que ele conseguiu!!!

      Nós, mulheres, chamamos toda a responsabilidade para nós, mas precisamos dividir ou não vamos aguentar mesmo.
      Somos as primeiras da casa a levantar, as últimas a ir deitar e nunca estamos sentadas, sempre em pé, “funcionando” como eu digo…
      Precisamos aprender a nos dar prioridade.

      • Bruna amada, vc tem razão, eu realmente preciso de ajuda. Tenho tentado cuidar de tudo (e de todos), mas realmente não dou mais conta. Fiz uma loucura e reservei 2 dias num hotel fazenda semana que vem pra gente poder fugir disso tudo e eu conseguir repensar minha vida….vou criar umas estratégias e creio que vai dar tudo certo. Se quiser podemos conversar mais ok? Meu email é blogdatiadani@oi.com.br e me face é:Dani Giácomo. Obrigada pelo seu carinho…beijo grande !!!

  44. Andrea Kistenmacker em

    Olá que ótima ideia ! eu já faço com minha filha a RA mais light claro que no cardápio dela entra tudo que deixa a infância mais feliz e eles teem o metabolismo mais rápido tbm, minha maior duvida é o lanchinho da escola pq minha filha tem 2 anos e meio e vai começar a escolinha ano que vem e eu não quero que ela abandone os hábitos saudáveis por ver outras crianças entulhadas em porcarias, como faço??

  45. Flávia Cristina Menck Rahal em

    Mimis, a ideia é bem essa mesmo! Bom, eu não mudei meu estilo de vida e engravidei acima do peso, porém sempre mostro oq faz bem ao nosso corpo pra minha filha, pq sempre me preocupei em ela ser “gordinha” e sofrer buillyng na escola como eu sofri. Bom, ela é linda e saudável e espero q nunca ouça brincadeiras sem graça sobre seu corpo.
    Acho q muitas outras mamães tb tem essa preocupação. Hoje ela acompanha meu processo pra perder os kgs extras e me lembra as 21 horas que está na hora da nossa frutinha. Companheira pra vida toda! Bjkssssssssss

  46. Parabens Mimi…sigo vc a algum tempo e procuro seguir suas dicas a risca, ainda peco nos fds…..e sobre a alimentação infantil foi perfeita ideia, pois minha filha tem 3 anos e 7 meses, não é gorda, mas tem tendencia a engordar e ainda mais acabar doente….desde bebe nunca deixei tomar refrigerante, chocolates, frituras, etc…mas hj com 3 anos, onde vai seja, casa da vó, tias, etc, sempre tem doce e refrigerante e mesmo eu demorando muito para liberar esses alimentos para ela, a menina pegou gosto e se deixar come chocolate a qq hora…então seus posts kis ajudará imensamente…Obrigada!

  47. Mimis adorei o post! É muito importante mesmo nós darmos os exemplos, mesmo eu tendo o papel de filha, meus pais sempre me motivaram a comer alimentos saudáveis, ter uma dieta balanceada e fazer exercícios. Hoje com meus 14 anos sou feliz por ter aprendido os valores da vida!

  48. Olá!! Adorei, Me identifiquei em tudo! Sou de família italiana, sou de família comilona! Estou pretendendo engravidar, já passei dos 30, enfim… vamos caminhando todos juntos em busca de qualidade de vida! Obrigada por compartilhar tudo com a gente!!
    Foco e equilíbrio é o que eu busco!!! Beijinhos!!! Elis.

  49. Nossa, que ótima ideia. A meses atras decidi mudar minha vida e minha alimentação, já eliminei 17 quilos desde então, aprendi a comer direito e tenho tentado passar isso pro meu filho de 5 anos. Tenho certeza que essa série de posts vão me ajudar muito. Beijo

×