Psicoterapia, emagrecimento e qualidade de vida

82

michelle franzoni blog da mimis emagrecer dieta_

Como vocês já sabem, o meu processo de emagrecimento foi baseado na reeducação alimentar e exercícios físicos, mas eu lancei mão de dois outros recursos mais sistêmicos que me ajudaram a conquistar meus objetivos. Um deles foi a homeopatia, que falei AQUI. O outro foi a psicoterapia, que falarei hoje.

Eu sempre tive uma relação de amor e ódio com os alimentos. Comia para ficar feliz e em seguida ficava triste porque tinha comido. E assim foi durante a minha vida toda. Quem sofre de efeito sanfona (ver AQUI), como eu sempre sofri sabe bem do que estou falando, né?

Em 2008, por problemas de estresse, eu engordei muito. Foram mais de 30kg em apenas um ano. A comida tinha sido minha válvula de escape para compensar o peso dos problemas e das emoções que eu não sabia lidar. E assim passei 3 anos obesa (ver AQUI).

Quando decidi emagrecer, eu não queria apenas conquistar um corpo magro e mais bonito. Eu estava disposta a mudar de vida completamente. Ser saudável. Para isso, sabia que precisava mudar minha relação com a comida e já que meu emocional era uma das grandes causas desse desequíbrio alimentar, tive certeza que precisava fazer psicoterapia. E foi por lá que comecei.

Todo começo de psicoterapia é um pedido, algo acontece na vida da pessoa e depois de se procurar ajuda em tantos lugares, com diferentes profissionais se chega a um consultório de psicoterapia. Nesse pedido, o que acontece é uma conversa entre duas pessoas, uma especialista nos seus problemas e outra especialista em psicoterapia.

O cliente, ou paciente, ou apenas aquele que solicita ajuda – é um sujeito que vive dentro do contexto social, é formado num processo histórico, constrói seu mundo conforme as condições e as possibilidades sociais permitem. Não é um ser pronto, acabado, maduro, está em transformação constante, mas que está com algum problema ou uma dificuldade e que não sabe como resolver.

Já o  psicoterapeuta é um profissional que cursou Psicologia ou Medicina Psiquiátrica, que aprendeu a olhar para as subjetividades, que se especializou em tentar compreender o mundo interno, mas para não ficar muito misterioso ou assombroso é preciso deixar claro que o tal mundo interno não é um lugar palpável, mensurável e escondido é apenas uma nomenclatura para definir o que é subliminar, ou seja, aquilo que não está na consciência.

O contexto da psicoterapia é a sessão de psicoterapia, um tempo e um espaço onde estes dois personagens se encontram.  O cliente acredita que tem um problema, muitas vezes acredita saber o que causa, mas não consegue resolver, estás três variáveis (problema, origem e solução) precisam ser organizadas pelo psicoterapeuta. A forma como elas serão consideradas define os tipos de psicoterapia. Sim existem varias formas de psicoterapias!

A minha psicoterapia não era para tratar a obesidade, e mal falávamos sobre o excesso de peso nas sessões. A abordagem usada na minha psicoterapia é a  Sistêmica e dentro disso cada psicoterapeuta é livre para dar o  seu tempero à forma de trabalhar.

Na abordagem sistêmica, o problema que cada sujeito traz sempre esconde algo a mais, uma vez que ninguém é consciente todo tempo de si mesmo e de seus comportamentos ou atitudes. Então, é preciso questionar e quando se questiona não se procura um culpado, um momento errado, um transtorno, uma psicopatologia, se procura compreender o sofrimento psíquico que este sujeito vai tentando revelar. A origem não é irrelevante ou um ponto determinante ela é a história do sujeito à forma como a queixa começou e construiu um padrão de relação, o jeito especifico da pessoa lidar com suas emoções, de pensar e agir.

Quando o trabalho de psicoterapia acontece o problema deixa de ser um problema e se torna o jeito de lidar com o mundo externo, objetivo e concreto a partir do que o sujeito vai descobrindo de si mesmo. Os traumas que foram construídos ao longo da vida podem ser flexibilizados o que nos aproxima de uma mudança, uma diminuição do sofrimento psíquico a partir do autoconhecimento. E como fica a vida? Mais saudável!

Antes de imaginarmos que tudo isso se passa de forma simples ou mágica é preciso deixar claro que a psicoterapia é uma relação de duas pessoas e como qualquer relação é preciso que haja empatia e vontade consciente das duas partes para fazer a relação acontecer, tentando vencer as dificuldades inconscientes que sempre estão no nosso caminho. Não existe este ou aquele psicoterapeuta que seja melhor ou pior, e às vezes a empatia não acontece e precisamos procurar outra pessoa.

Claro que tudo isso tem um custo, e é preciso vencer as barreiras mercadológicas que nos fazem querer comprar o melhor produto, pelo menor preço. Apostar num processo de conhecer um pouco mais de si mesmo é um investimento em si. Porém, há instituições e universidades que oferecem o serviço para a comunidade mais carente. Grupos de apoio também ajudam. Devemos procurar o que está ao nosso alcance e possibilidades, mas nunca devemos desistir e dizer que não é possível.

No meu ponto de vista, o  processo de psicoterapia é uma busca por uma melhor qualidade de vida consigo e com o mundo que nos rodeia. E foi isso que me ajudou no processo de emagrecimento. Estar melhor comigo, saber lidar com minhas emoções, alegrias, raivas e frustrações, bem como como as pessoas e o mundo que me rodeia, fizeram indiretamente com que eu passasse a ter uma nova relação com os alimentos. Se eu estou em harmonia e em equilíbrio, as chances de descontar minhas emoções na comida diminuem muito, não é?

E foi assim que a a psicoterapia me ajudou e ajuda até hoje. Sim. Continuo fazendo e adoro. Afinal, a  autoconhecimento e o crescimento emocional que aprendo diariamente me fazem uma pessoa melhor e com certeza, com mais qualidade de vida.

Quanto mais um sujeito pode compreender suas reações emocionais dentro dos diversos contextos, maior a chance de utilizar seu pensamento lógico abstrato para lidar com as emoções e saber agir com amor. Amor, como nos diz Maturana, é respeitar o outro como legitimo outro. E saber respeitar o próximo e a si mesmo é mais um grande passo em busca de uma vida mais saudável.

** Para saber mais da minha história de emagrecimento e tirar suas dúvidas, clique AQUI.

* Curta a FANPAGE e siga @blogdamimis no Instagram.

Ler matéria completa
MICHELLE FRANZONI

Amo a vida saudável, viajar, decoração, jardinagem e muito mais! Sou fisioterapeuta, artista visual, e Doutora em Gestão do Conhecimento. No Blog da Mimis você encontrará um pouquinho de cada coisa que eu gosto!

Deixe um comentário‏

82 Comentários Mostrar comentários

  1. Olá Mimi. Tudo bem?
    Há 5 anos conheci o meu atual marido e juntos engordamos vinte kg em 2 anos. No ano de 2013, decidi encontrar forças para emagrecer e cheguei a emagrecer 12 kg, mas com a ajuda de uma injeção “milagrosa”.
    Entre 2014 e 2015 vivi situações muito estressantes e fiquei com o emocional muito abalado por diversos acontecimentos. Resultado: Ganhei os 12kg de volta mais oito.
    No início de 2016 tomei uma decisão na minha vida: Nunca mais me colocar em último lugar de novo, me amar e lutar para conseguir me sentir melhor comigo mesma de novo. Iniciei um processo de reeducação sem nenhum remédio determinada a me esforçar e ter paciência – o que é a parte mais difícil.
    Emagreci 3 kilos até agora e estou me esforçando o máximo que posso e tentando driblar os olhares dos conhecidos que não perdem a oportunidade de me alfinetar por conta do meu ganho de peso.
    Suas dicas tem me ajudado muito.

    • Michelle Franzoni em

      Oi amada! Tenho certeza que você vai conseguir! Continue lendo o blog que tem muitas coisas legais pra te ajudar. Vc tem instagram? Me segue la! @blogdamimis Um beijo!

  2. Pingback: Superação Rafael Domingos | Dieta

  3. oi socorro es te meu grande problema meu esposo foi vitima de um assalto e ficou dai vc imagina o que ansiedade engordei muitos quilos ha um mes decidi sacudi apoeira to fazendo 1 hora de exercicios 6 vezes por semana tenho tentado controlar alimentaçao ate agora so 1 quilinho mais to firme ja me sentido mais disposta sua dicas sao de grande incentivo muito obrigado so queria saber é normal emagecer tao pouco assim? bjus

  4. Oi ministro. Então meu sonho ė emagrecer. Mas sempre que começo uma dieta. Acabou desistindo. Sofro o efeito sanfona, e sempre estou triste por ser gordinha. Mas a comida fala mais alto quando estou em dieta. E meus amigos também. Parece que quando estamos de dieta eles sempre chamam pra lanchar. Espero que possa me dizer algo bjs adoroo seu blog

    • Michelle Franzoni em

      Oi Rapha! Tem que ter força mesmo e apostar na atividade física. Não desista. Leia os demais posts do blog que vc vai aprender muito! Bjks!

  5. Heloisa Silveira em

    Adoro suas postagens!!
    Consegui emagrecer 12 kilos fazendo caminhada e dieta, pretendo perder mas 10 kilos meu corpo deu uma paradinha, gostaria de umas dicas…
    Um super beijo..
    Te admiro muito.
    Heloisa

  6. Olá Mimi! Nossa muito bom gostei muito do seu artigo, eu também tenho essa visão no contexto da ação do nosso corpo com as nossas emoções, eu tenho um irmão que no caso dele tem um efeito contrário pois ele é magro e quis sempre engordar, tem momentos que ele pega até alguns quilinhos a mais. Porém quando ele passa por um problema de estresse ou problemas emocionais ele em pouco tempo perde peso.

  7. Eu também faço psicoterapia e acho ótimo !
    É um auto conhecimento incrivel !
    Consigo perceber coisas que nem imaginava perceber,quem puder fazer faça !
    Comecei devido a uma crise de gastrite que me fez ter ” uma sindrome do pânico” (coloco entre aspas porque eu chamo assim mas minha psicanalista não, pois aconteceram coisas ,uma história que me fez me transformar numa pessoa rs )
    Então tudo começou a se relacionar com comida ,tinha medo de comer algo que eu relacionava a não ser saudavel e que me fizesse muito mal ,parei faculdade,terminei namoro e depois de alguns meses voltei a namorar esse ano começo a facul novamente.
    Psicoterapia é uma otima saida pra quem está passando por uma fase ruim ou algum trauma do passado que é o meu caso.

  8. rosevane de oliveira acosta em

    Estou me sentindo um lixo de mulher não consigo fazer mais dieta como antes no minimo dois dias depois volta tudo acho que vestiu com compulsão alimentar não sei mais tem algo diferente comigo eu sei e isso ta me deixando triste me da umas dicas não sei por onde começar.

  9. olá Mimis ,sempre tive problemas com a balança ,fiz uma dieta a 11 anos atrás e mantive meu peso por bom tempo ,mas tive alguns problemas de depressão engravidei e hoje estou novamente gorda estou além do peso estou com 80 quilos com 1,65 de altura estou gorda ,ñ sinto mas vontade de mim arrumar são tantas coisas ,fui traída por meu marido depois disso a minha alta estima estar la em baixo ,tento voltar para a dieta mas ñ consigo estou bem,bem mas se eu mim preocupar por qualquer besteira estou eu mas uma vez comendo sem limites depois é que vou ver o quanto comi ,mim der uma ajuda eu preciso perder peso ,minhas roupas ficam horríveis em mim ,só não mim mato por que tenho minha filha para criar ,estou indo para psicologa e o psiquiatra para tratar minha ansiedade mas não estou conseguindo sair disso mim der uma força do que eu posso fazer para melhor isso ,obrigada

  10. Mimins,
    Uma dúvida. Você procurou algum profissional com especialidade em emagrecimento, distúrbios alimentares, etc?
    obrigada!!! :*

  11. Pingback: Em busca da felicidade - Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

  12. Pingback: Constipação Intestinal | Blog

  13. Pingback: Constipação Intestinal | Blog

  14. Pingback: Constipação Intestinal | Dieta

  15. Pingback: Constipação Intestinal - Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

  16. Pingback: SuperAção Amanda: Muito mais confiante! - Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

  17. Oi Mimis,
    você é um grande exemplo de superação. Quero agradecer por você compartilhar sua história de vida, que inspira e serve de motivação para milhares de pessoas. Continue com esse trabalho maravilhoso, pois é de uma importância sem tamanho!

    A minha dúvida é a seguinte: quando você começou o seu processo de emagrecimento, você parou de trabalhar e se dedicou única e exclusivamente a este objetivo?

    Eu estou no efeito sanfona há 4 anos. Sempre começo muito determinada, com muita vontade, garra … e vou perdendo a motivação com o stress do trabalho, entre outros problemas do dia a dia. Recupero o que perdi com muita facilidade e em poucos dias. Não consigo trabalhar, treinar, lavar, passar, cozinhar, limpar casa e ser mulher! Não dou conta. Pra mim é muita coisa e acabo retrocedendo sempre.

    Gostaria muito de um conselho, saber como você conseguiu se adaptar e colocar treino, alimentação saudável na sua rotina sem que parecesse uma cruz a ser carregada.

    Conto com seu apoio e aguardo sua resposta com ansiedade. Um super abraço, de alguém que te admira muito.
    Mari

  18. Pingback: SuperAção Isabela: orgulho de ser saudável | SeuRadar SeuRadar

  19. Pingback: SuperAção Isabela: orgulho de ser saudável | Blog

  20. Pingback: SuperAção Isabela: orgulho de ser saudável | Dieta

  21. Pingback: SuperAção Isabela: orgulho de ser saudável - Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

  22. Pingback: Hora de voltar: vida saudável sempre! - Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

  23. Flaviano santana em

    Olá boa noite, sei que Vc não é uma endócrino mas estou com uma dúvida é se vc souber me dá uma dica. Minha nutricionista passou pra mim cut X hadecore só que eu fiz a retirada da tiróide há 3 anos eu gostaria de saber se posso tomar?

  24. Obrigada, tomei a liberdade e publiquei seu exemplo, adicionei esse depoimento em minha fanpage. Dificilmente as pessoas entendem a necessidade do trabalho sistêmico. obrigada por contribuir com suas experiências.

  25. Pingback: SuperAção Liliane: quem faz o milagre é você! | Blog

  26. Pingback: SuperAção Liliane: quem faz o milagre é você! | SeuRadar SeuRadar

  27. Pingback: SuperAção Liliane: quem faz o milagre é você! | Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

  28. Pingback: SuperAção Liliane: quem faz o milagre é você! | Dieta

  29. Oii,

    sabes me informar se o terapeuta deve ser especializado para esse fim (emagrecimento)?

    Depois que li esse post procurei uns aqui de Criciúma, mas fiquei com essa dúvida, será que qualquer psicólogo pode fazer isso?

    Obrigada!

    beijos

  30. Oi Mimis,
    Olha eu aqui de novo, vasculhando o seu blog! Hahaha…
    Me identifiquei muito com esse texto, eu tbm faço psicoterapia, na realidade comecei há pouco tempo e confesso que estou amando! Assim como ir a academia eu conto as horas para o dia da minha sessão! Como vc, procurei a terapia por outros motivos, mas acredita que através de um simples desenho que eu fiz minha psicóloga me fez perceber que tenho um certo complexo com o meu corpo, convivi com esse complexo a vida inteira e não sabia! Puts! rs… E agora, mais do que nunca tenho mais vontade de cuidar da minha saúde, da saúde do meu corpo, enfim de me amar! s2

  31. Olá Mimis, vim visitar seu blog por indicação de uma super amiga (Ailane) e ameiiii, fiquei tão apaixonada que hj na academia(onde vou praticamente nas segundas rsrkkk) indiquei a todas as minhas amigas, não conseguia falar de outro assunto a não ser no qto vc motiva e como foi bom ler suas postagens, me deu um âânnnimO. bjokas que Deus continue lhe abençoando sempre mais, para que continues a ser essa pessoa maravilhosa!!!

  32. Oi Mimis, te admiro muito! O que fazer quando já tentou de tudo, tudo mesmo pra conseguir manter uma alimentação saudável, mas sempre acontece alguma coisa que te leva a comer doce ou porcarias, principalmente por compulsão pela ansiedade e nervosismo?

  33. Olá Mimis, Parabéns por sua Dedicação, sua vitória e pelo seu Blog. Muito motivador para quem está na mesma, querendo emagrecer, sou nutricionista e tenho um Blog http://www.alimentacaoebemestar.com e apoia também as pessoas a perderem peso. inclusive tenho um programa online de Emagrecimento. Gostaria que você entrasse e desse uma olhada.

    Abraços

    Simone

  34. Oi Mimis!

    Preciso te dizer o quanto você me inspira, e com força no seuu exemplo e muita determinação comecei em 19/08/2013 a minha transformação!

    Já se foram 7kg, e nas últimas duas semanas estou em um momento de “platô”, variei bastante o cardápio e fiz um dia zero carb pra dar aquele susto no metabolismo, mas parece não adiantar ainda…

    Não achei nenhum post seu sobre isso, você enfrentou períodos de pausa no emagrecimento? Como você fazia pra se manter focada? Estou firme, mas tenho medo que o desânimo pegue e me derrote como em outras tantas vezes sabe?

    Tenho uma filhinha de 2 anos, acordo 5h30 pra me exercitar antes mesmo que ela acorde, a rotina tá super pesada, gostaria muito que você falasse sobre a sua motivação!

    Beijossssss e muito obrigada!

  35. Olá, Michele. Tenho 18 anos, sempre estive na média dos 95 kg mas nos últimos meses estou pesando 99 kg e tenho 1,60 cm. Entretanto, eu não aparente ter o peso que eu tenho. Hoje meu problema é a falta de tempo, não estou conseguindo conciliar, trabalho, escola e curso à noite com atividades físicas e boa alimentação, como o que dá. Meu problema é sempre deixar para depois, pensa que depois da faculdade eu vá conseguir tirar um tempo para academia ou corridas. Eu sofro de baixa auto-estima, e às vezes tenho crise, já cheguei a vomitar os alimentos, ficar sem comer e não conseguir me olhar no espelho. Já procurei um endocrinologista, e ele me passou um remédio para diminuir a ansiedade (Fluxicetina), mas mesmo assim eu o abandonei, já fui na nutricionista, que me passou uma dieta fora da minha rotina e condições financeiras.E eu não tenho condições de pagar esses especialistas; Eu não sei mais o que fazer, cheguei em um momento de desespero, pois um calculo básico pode mostrar meu futuro,se eu não mudar, com 18 anos 100 kg quando eu tiver 34 anos estarei com 200 kg. Fora o sofrimento que tenho em relação as pessoas, já cheguei a deixar de sair por causa de roupas que não servem mais, uma calça já rasgou enquanto eu estava no trabalho, já foram muitos constrangimentos. Mas quero mudar. Me dê dicas. Preciso de ajuda, mas não confio em ninguém ao meu redor. Depois de ler o seu blog estou animada, sei que é possível. E eu quero.
    Obrigada desde já.

  36. Olá Mimis, em 2008 fiz uma cirurgia para retirada de dois cistos, porém o médico retirou uma das minhas tiroíde e não me informou nada, final do ano passado procurei um endocrinologista, fiz uma ultra sonografia da tiroíde e descobri que não tinha a tiroide direita , resumindo minhã produção de hormônio está baixa o colesterol um pouco acima da media e o endocrinologista receitou EUTHYROX 25, porém a bula diz que um dos efeitos colaterais pode ser perda de peso e eu peso apenas 44 kg. Devo ariscar ? Obrigada desde já.

  37. Olá mimis
    Sou a Kénia a minha situação é a seguinte:
    Eu to com 46 quilos no momento mas eu quero atingir os 70 quilos, mas eu não gosto muito de comer certas verduras e quanto ao Gym quero também algumas dicas para poder tirar a barriginha, eu nao gosto da barriga tanquinho gosto dela lisa. Bj

  38. Oi Mimi’s meu nome Patricia, Moro nos USA acompanho seu blog todos os Dias e me intresei muito, gostei muito vc arraza gostaria de. Uma dieta e exercicios pra ter uma barriga tank unico tmb, sera que vc pode me ajudar thank you por enquanto

  39. Oi Mimis, tudo bem? Olha, eu tento fazer dieta a muitos anos, mas a compulsão por doce me atrapalha muito! E com isso eu estou com Colesterol e Triglicerideos muito alto. E não consigo controlar essa vontade de doce. Será que um psicólogo conseguiria me ajudar?

  40. Muito esclarecedor Mimi mais uma vez obrigada por dividir com agente essa rica experiência.
    Eu preciso a muito tempo de terapia e agora mais do que nunca porque preciso me encontrar em tudo isso.
    Quando agente passa a vida toda tendo maus hábitos e não é incentivado a atividade física, depois de adulto aprender tudo por necessidade é difícil mais você é a prova de que é possível quando queremos de verdade. Abraço.
    Luciene
    Santos/SP

  41. Eliana Almeida Cardoso em

    Boa tarde!

    Achei bem interessante mas eu como varias pessoas não temos como arca com um tratamento destes,então o que você sugere eu como por este problema e agora mais ainda porque minha mãe esta doente,e preciso cuida dela então estou emocionalmente …imagina como,Preciso emagracer mas sem dinheiro como vou me trata

  42. Mimis boa noite… Estou precisando muito da sua ajuda… Minha história é muito parecida com a sua. Vc pode me enviar por email ou imbox o contato de sua psicoterapeuta e homeopata? Muito obrigada, Roberta

  43. Pingback: Mimis no Mais Você 26-08-13 | Dieta

  44. Pingback: Mimis no Mais Você 26-08-13 - Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

  45. Oi, Mimis! Sou totalmente de acordo com o texto! Tenho certeza que o auto-conhecimento é o caminho para uma vida mais saudável e para elevação da auto-estima, bem como transformar nossos “problemas” em solução e/ou aprendizado. Além empatia com o profissional, a capacidade do profissional conduzir bem um trabalho é de extrema importância. Podes, por favor, me passar o nome e o contato da tua psicoterapeuta? Obrigada pelas dicas!

  46. Olá Michele,
    Estou seguindo o mesmo caminho que você já percorreu.
    E pra mim a terapia tem sido um grande diferencial nesse processo também.
    Ainda me falta perder 10kg. Queria perguntar uma coisa pra você. Minha barriga ainda está grande. Quando você emagreceu tudo que precisava voltou tudo direitinho pro lugar, não precisou fazer cirurgia? Estou com essa dúvida sobre mim. Porque sempre fui gordinha desde criança. Fico pensando que talvez eu tenha que fazer uma ou só com os exercícios resolve? Beijos.

  47. gosto do meu corpo mas estou insatisfeita com meus seios uso gg gostari de chegar no g ou m e a barriga esta com gordurinhas indesejadas mande dicas pra mim obrigada

      • Olá Mimis! Não sei como faço para postar uma dúvida no seu Blog. Já tentei no ícone e – mail mas não funciona, não abre. Não sei se estou fazendo certo, mas o jeito que achei foi clicando em Replay…enfim….Conheci seu site esses dias e estou amando! Muito motivante! Procurei por aqui se dizia em algum lugar, onde você mora mas não achei. Estava procurando porque dependendo de onde você mora, eu iria pedir o contato do homeopata, psicoterapeuta..que você foi. É sempre bom irmos nos médicos indicados, de confiança. Então se você puder me passar os contatos…
        Muito obrigada e continue nos ajudando! Bjinhos

  48. Mto bom texto Mimis. Tenho te acompanhado bastante porque te vejo como um exemplo real, e assim mais próximo.
    Já fiz um pouco de terapia e pretendo voltar a fazer em um momento próximo (afinal é um investimento que precisa de certo planejamento).
    Mimis o que eu sinto falta e gostaria muito muito de te pedir para falar, seja em post ou só numa respostinha pra mim é das quedas e escorregadas… Das tentativas frustradas sabe? Acho que não foi a primeira vez que você tentou… o que foi diferente dessa vez? Você tropeçou mtas vz? Qdo digo tropeçar não é comer um brigadeiro, mas eh passar um mes comendo besteira escondido e estagnar seu progresso….
    Espero que você tenha entendido meu pedido (senão é só falar) e ficaria mto feliz com sua mensagem.
    Um grande beijo e parabéns!!!

  49. Ligiane R. Pedroso em

    Eu estou enfrentando um processo de emagrecimento. comecei a pouco tempo, mas já estou sentindo os resultados sempre fui gordinha, emagreci 16kg mas por descuido engordei mais de 30kg simplesmente me descuidei, mas agora quando olho minhas roupas e fotos tenho vontade de ser de novo aquela pessoa confiante que eu era meu objetivo é perder 48kg. já estou me reeducando não como mais doces, frituras e não bebo refrigerantes nem bebidas alcoolicas, estou reaprendendo a me controlar e comer só o suficiente. Ler histórias como a sua só me dão forças hoje sei que não posso me descuidar e sei que num menor descuido voltarei a ser como antes, ainda tenho muito a fazer, mas tenho plena consciência de onde quero chegar. Parabéns pela sua história com certeza ela vai me ajudar a chegar aonde eu desejo.
    Att.

  50. Olá Michelle!

    Parabéns pelo texto!

    Sou psicólogo e o jeito como você abordou o processo psicoterapêutico foi corretíssimo, além de trazer também a sua subjetividade para descrever esta experiência tão enriquecedora que é a terapia.

    Parabéns pelo blog!

    Atenciosamente,
    Felipe de Souza

  51. Oi Mimis,
    Curto muito o seu blog!
    E gostei desse post em especial… é muito importante que pessoas (não os profissionais) digam da relevância da psicoterapia em sua vida, pois ainda exitem muitos preconceitos relacionados à essa prática, que ainda é associada apenas à loucura. “Não vou ao psicólogo, pois não sou doido…!”
    Como profissional, fico muito feliz em ler seu relato e orgulhosa da minha profissão!
    Beijos

  52. Parabéns pela determinação, força de vontade e tudo mais que uma transformAÇÃO como essa precisa.
    Procurei um pouco no seu blog, mas não achei, e gostaria de saber qual sua idade.
    Sou psicóloga e estudiosa de assuntos como imagem corporal, alimentação, auto estima e experiências como a sua.
    Vejo muitas pessoas com menos de 30 anos realizando e conseguindo superar esse peso a mais em suas vidas, e tudo que eles representam (tarefa muuuito difícil!), mas vejo poucas acima dos 30 ou 40…
    Se puder me informar agradeço, se não, sem problemas, continuarei “curtindo” suas publicações e sua superAÇÃO.
    Abraço,
    Laura

  53. Adorei ler seu ultimo post , pois, somente nos , temos o poder de corrigir , mudar nossos problemas . Nos , não acreditamos no nosso poder mental , por isto , esperamos pelo outro o que se corrige com pensamentos , palavras e ações corretas .
    Emagrecer é postura correta mental , e acreditar no poder de mudança que temos em nosso interior

  54. Boa noite, por gentileza vc poderia indicar o contato do seu psicoterapêutico, pois passei num psicólogo e ele me deixou por do que eu estava. Pois estou precisando de ajuda profissional. Bjs

  55. Vânia Lacerda Antonio em

    Parabéns Mimis! Você escreve muito bem. Sou sua fã e leio os seus posts todos os dias.Estou fazendo reeducação alimentar e sou assídua na academia, porém estou com o meu metabolismo baixíssimo tendo em vista que já estou na casa dos 50 e estou com alta taxa de gordura corporal( preciso eliminar 21 quilos).Mas mesmo assim … não desisti.E você^tem me ajudado bastante com o seu blog. obrigada!

  56. Michele,
    Adorei conhecer sua história. Também me considero uma ex-gordinha. Minha tragetória foi semelhante a sua. Um dia após assistir a um episódio do Globo Reporter, me assustei com os males causados pela obesidade e percebi que seria um absurdo eu ter que adquirir uma doença para tomar uma providência e emagrecer. Meu dia D, foi 18 de junho de 2010. Consegui emagrecer 25 kg em 7 meses. Até hoje mantenho o resultado, porque como vc mesma disse, tive que mudar meu estilo de vida, pois sofri com o efeito sanfona a vida toda. Estou muito feliz e sempre busco estímulos para continuar neste ideal. Tenho 46 anos, sou dentista, professora universitária, casada, um filho e moro em Três Corações – MG. Um abraço, serei sua seguidora a partir de hoje. Parabéns pelo blog.

  57. Mimis excelente post, parece ate que eu estava ouvindo isso na faculdade, ou em algum texto que estudei. Como psicologa, que come emocoes ( casa de ferreiro espeto de pau) vejo como importantissimo a ajuda deste profissional neste processo. Muito bacana o que vc escreveu! Bjinhos

  58. Michele, eu também faço psicoterapia, comecei a fazer por problemas de relacionamento com minha filha, e por consequência está me ajudando a perder uns quilos a mais que carrego há anos. É muito bom fazer, acho que todo mundo deveria fazer pelo menos uma vez na vida Abre outros horizontes. … Parabéns pela sua força de vontade. Adoro seu blog.

  59. Renata Lourenzo em

    Michelle, quando estive no Egito ha quase 3 anos atraz – eu sofri uma queda e fraturei a coluna. Desde entao eu tenho sofrido com sobrepeso e diante disso muitas dores tomam conta do meu corpo. Tenho 1,65 e 76 kilos; Eu preciso perder peso, mas diante de todo extress pois trabalho 16 horas por dia estou com dificuldade. Eu preciso me exercitar mas nao tenho tempo e não vou utilizar minha unica hora de folga durante o dia que é o almoço para ir pra academias (não estou vendo outra saída). Minhas roupas estão cada dia mais apertadas e eu me sinto super mal dentro delas. Também não tenho dinheiro para renovar meu guarda roupa agora. Remédios quimicos me faz mto mal – eu não me importaria de tomá-los, mas morro de tanto passar mal. Eu realmente fico triste, venho aqui e leio seu blog que me traz uma tremenda inspiração, embora eu CREIO que tudo é possível. Comer bem eu como, gosto de tudo, não tenho problemas com alimentos. Apenas queria que meu processo fosse algo prazeiroso mas não encontro paz pra isso. Psicologia e algo que já tentei um milhão de vezes gastando todo meu dinheiro e sem sucesso nenhum. Enfim, quero perder peso e sei que posso conseguir…isso é tudo que sei nesse momento. bj

    • Oi mimis,estava asistindo o programa da Eliana nesse domingo e me inspirei e hj segunda feira comecei uma dieta pelo nutricionista é claro,comecei na academia e meu objetivo é perder 12kg até o natal,sei q consigo…e eu qand engordo é de perna,braço,bumbum e seios,nao vejo a hora d me considerar uma ex gordinha e ouvir as pessoas falarem…”NOSSA COMO VC EMAGRECEU”…..kkkkkkk

  60. Achei bem pertinente esse texto. A compulsão alimentar tem muito a ver com as emoções sim, é preciso encontrar uma nova forma de lidar com a alimentação. Existem psicoterapeutas nos postos de saúde e em universidades públicas/privadas que atendem gratuitamente. É preciso procurar e se informar. O ser humano não é só físico, é psíquico também. Uma boa dica essa sua Michele!

  61. Pingback: Dieta da Mimis: como eu eliminei 33kg de forma saudável - Michelle Franzoni - Blog da Mimis - Qualidade de vida e bem-estar

×